Humberto Costa relata participação na Assembleia do Parlamento das Américas

Da Redação e Da Rádio Senado | 08/09/2015, 15h34 - ATUALIZADO EM 08/09/2015, 21h48

Ao prestar contas de sua participação na 12ª Assembleia Plenária do Parlamento das Américas, o líder do PT, senador Humberto Costa (CE), disse ter relatado aos representantes dos 35 países o Programa Mais Médicos, do governo federal, e o programa de transparência do Senado.

Segundo ele, a divulgação de gastos, contratos, investimentos e despesas do Senado na Internet chamou a atenção de representantes do Canadá.

Quanto ao Mais Médicos, Humberto Costa apresentou números relacionados ao alcance da medida, como a presença do programa em 73% dos municípios, beneficiando cerca de 63 milhões de brasileiros. Ele disse ainda que o programa tem outros objetivos, como ampliar o número de vagas nos cursos de Medicina e a melhoria da infraestrutura das unidades básicas de saúde.

O senador ainda discutiu com os participantes a maior presença das mulheres no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras de Vereadores. E lembrou que, recentemente, o Senado aprovou, em primeiro turno, uma proposta de emenda à Constituição que reserva, no mínimo, 10% das vagas de cargos proporcionais a cada um dos gêneros.

Humberto Costa disse que, na Argentina, medida semelhante foi adotada há 10 anos e os resultados já são animadores.

— Há dez anos atrás, as mulheres eram uma pequena parcela do parlamento argentino. Hoje, elas representam metade dos assentos da Câmara e do Senado.

O senador Humberto Costa acrescentou que, durante os debates, pôde perceber que o cenário de crise política e econômica atinge boa parte dos países das Américas e ressaltou que os parlamentos têm importante papel para indicar a saída dessa situação.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)