Líderes religiosos pedem a Renan apoio a projeto do Estatuto da Liberdade Religiosa

Da Redação | 17/06/2015, 19h04 - ATUALIZADO EM 17/06/2015, 19h35

O presidente do Senado, Renan Calheiros, recebeu nesta quarta-feira (17) representantes de religiões  - cristãs, muçulmana e judaica - que pediram apoio na aprovação do PL 1.219/2015, com regras para instituir o Estatuto Jurídico da Liberdade Religiosa. O senador José Medeiros (PPS-MT) e o deputado estadual Carlos Bezerra Júnior (PSDB-SP) participaram do encontro.

Os líderes falaram em nome de correntes religiosas como Batista, Luterana, do Brasil para Cristo, Presbiteriana, Metodista, Adventista, Católica, Muçulmana, Comunidade Fé Bahai, Mormon e Pastores Indígenas . Eles manifestaram sua preocupação com o crescimento de “atos de violência simbólica e intolerância”.

- Vamos acompanhar a tramitação dessa proposta na Câmara e tão logo chegue ao Senado, iremos discutir um calendário especial para a rápida análise. É uma grande honra recebê-los, as portas sempre vão estar abertas porque a liberdade religiosa é um assunto que diz respeito a todos nós - disse Renan.

O Estatuto da Liberdade Religiosa tem 55 artigos, é de autoria do deputado federal Leonardo Quintão (PMDB-MG) e está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados.

Da Assessoria de Imprensa da Presidência do Senado

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: