Kaká Andrade critica Anvisa por reeditar proibição de inibidores de apetite

Da Redação e Da Rádio Senado | 06/11/2014, 14h29 - ATUALIZADO EM 10/11/2014, 15h52

O senador Kaká Andrade (PDT-SE) pediu explicações do ministro da Saúde sobre resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), editada no final de setembro, que, em sua avaliação, recupera, em parte, a proibição de venda de inibidores de apetite.

Essa proibição tinha caído depois que o Congresso Nacional aprovou, no início de setembro, decreto legislativo que revogou resolução antiga sobre a matéria.

Kaká Andrade afirmou que a nova resolução da Anvisa configura o desrespeito aos princípios de independência e harmonia entre os poderes da República. Por isso, ele apresentou um outro projeto de decreto legislativo para, mais uma vez, sustar os efeitos de resolução da Anvisa que proíbe a comercialização de inibidores de apetite.

— Tenho recebido inúmeros tuíteres dizendo: ‘De que adiantou tanta luta? Nós continuamos morrendo, porque não temos acesso às medicações'. A Anvisa burlou a legislação, trocou uma resolução por outra que tem praticamente os mesmos efeitos’. Está mais do que na hora de que as decisões do parlamento sejam respeitadasdisse o senador.

Canal de Xingó

Kaká Andrade acredita que depois da inauguração do Canal de Xingó a agricultura de Sergipe vai dar um salto, com a possibilidade de produzir durante todo o ano.

Segundo ele, a obra, que ainda está em fase de contratação do projeto, deve gerar também 100 mil empregos e poderá elevaraté 2040 em 63% o produto interno bruto da região que irá abastecer de água.

Kaká Andrade explicou que o Canal de Xingó terá pouco mais de 300 quilômetros de extensão e vai beneficiar regiões da Bahia e Sergipe, alcançando cerca de 130 mil pessoas.

— Irá abastecer os municípios de Paulo Afonso e Santa Brígida, na Bahia, e de Canindé de São Francisco, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora da Glória, Poço Redondo e Porto da Folha, que são municípios do Alto Sertão sergipano, que apesar de estarem próximos do rio são francisco, são abastecidos com água de caminhão-pipa. Sem água, não existe desenvolvimento no nosso sertão — disse o senador.

Kaká Andrade destacou a produção de laranja em Sergipe. O estado é o sexto maior produtor nacional e está na terceira posição no ranking de exportação do suco congelado, perdendo apenas para são Paulo e Paraná.

Segundo ele, a produção só não é maior por causa da seca, fato que pode ser minimizado depois da construção do Canal de Xingó.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Anvisa Saúde Senador Kaká Andrade

Senado Agora
16h40 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para contratação de operação de crédito externo, de 138 milhões de euros, entre Curitiba e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para o "Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba.
16h37 Empréstimos para Curitiba: Senado aprova autorização para operação de crédito externo, de US$ 106,7 milhões, entre Curitiba e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para o Projeto Aumento da Capacidade e Velocidade da Linha Direta Inter 2.
Ver todas ›