CAE aprova indicação para a presidência da CVM

Djalba Lima | 29/08/2012, 13h02

O Plenário deverá votar ainda hoje a indicação do engenheiro e executivo Leonardo Porciúncula Gomes Pereira para a presidência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ele recebeu 18 votos favoráveis depois de ser sabatinado nesta quarta-feira (29) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O relator, senador Francisco Dornelles (PP-RJ), disse que o cargo de presidente da CVM assume maior importância no momento de crescimento do mercado de capitais brasileiros. Conforme o parlamentar, esse mercado se tornou-se fonte relevante de recursos para os investimentos das empresas do país.

Transparência

Dornelles disse esperar que o principal órgão regulador e fiscalizador do mercado de capitais continue atuando para aumentar a transparência e a segurança do processo de emissão e colocação para o público de títulos privados e para torná-los mais acessíveis tanto a investidores institucionais quanto a pessoas físicas.

Questionado pelos senadores Eduardo Suplicy (PT-SP), Casildo Maldaner (PMDB-SC) e Lobão Filho (PMDB-MA), Leonardo Porciúncula comprometeu-se a trabalhar para aprofundar a transparência no mercado e aumentar sua importância.

O indicado para a CVM explicou que hoje há 300 empresas abertas, que colocam seus papéis no mercado – número que ele espera ampliar. Afinal, acrescentou, há países com economias similares à brasileira com três mil companhias abertas.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: