Serviços como Netflix devem ser regulados, defendem debatedores na CAE

17/10/2019, 17h23

A regulação dos vídeos sob demanda (serviços como Netflix) foi defendida durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos. O senador Jean Paul Prates (PT-RN) lembrou que países como Espanha têm tido sucesso com cotas para produção nacional. Já o autor do projeto, senador Humberto Costa (PT-PE), sugeriu que o setor audiovisual nacional se mobilize para aprovar a proposta ainda este ano. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
20h48 Sessão retomada: Após o atendimento médico para o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), que passou mal, o Plenário retomou a sessão deliberativa para seguir com a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) 133/2019.
20h35 Sessão suspensa: A sessão deliberativa foi suspensa há pouco para o atendimento médico ao senador Jorge Kajuru, que passou mal em Plenário.
18h58 PEC Paralela: Rejeitada em Plenário (41 votos não; 29 votos sim) a emenda que visava a assegurar na PEC 133/2019, a PEC Paralela da Previdência, que o benefício, em aposentadoria por invalidez, seria de 100% na média de contribuições.
Ver todas ›