Funcionárias do Senado podem fazer mamografia para permitir diagnóstico precoce

02/10/2018, 20h52 - ATUALIZADO EM 02/10/2018, 20h54

Para apoiar a Campanha Outubro Rosa, o Senado Federal atenderá atender 160 funcionárias terceirizadas com exames de mamografia. O objetivo é facilitar o diagnóstico precoce e permitir o tratamento adequado do câncer de mama. A ginecologista e coordenadora-geral de Saúde do Senado, Daniele Calvano, explicou que a iniciativa é voltada para funcionárias com menos possibilidades de acesso ao exame, muitas delas sem plano de saúde. A médica lembrou que a mamografia preventiva feita a partir dos 40 anos ajuda a salvar vidas, além de melhorar as condições de tratamento da doença.

Mais informações com o repórter George Cardim, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
11h48 Reúso de água: A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) aprovou o PL 724/2019, que obriga a utilização de água de reúso em prédios comerciais, nas regiões com poucas chuvas. Projeto segue para o Plenário.
11h44 Rota Nacional de Turismo: A Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) aprovou o PL 5.141/2019, que institui o estado do Tocantins como Rota Nacional do Turismo de Aventura, Ecológico, Rural, de Sol e Praia Doce, entre outros.
11h43 Codevasf: A Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR) aprovou o PL 4.850/2019, que inclui as Bacias Difusas do Litoral, no Piauí, na área atuação da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf).
Ver todas ›