Senado garante atendimento pelo SUS a quem não tem moradia ou cadastro

07/08/2018, 19h35 - ATUALIZADO EM 14/08/2018, 19h11

O Plenário do Senado aprovou o Projeto de Lei da Câmara que cria uma identidade visual padronizada para todas as ações e entidades que atuam no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e, por iniciativa do presidente da Casa, Eunício Oliveira, foi incluída uma mudança no texto para deixar claro que não há necessidade de apresentação de comprovante de residência ou cadastro prévio para atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). Baseado no modelo do SUS, o SUAS foi criado em 2011 para prevenir a violação de direitos e atender a população em situação de risco e os grupos mais vulneráveis. É esse sistema que gerencia o pagamento de benefícios assistenciais, como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada.  As informações com o repórter Maurício de Santi, da Rádio Senado.



Opções: Download