Relator da LDO diz que presidenciáveis terão que discutir contas públicas

13/07/2018, 17h50 - ATUALIZADO EM 13/07/2018, 17h51

O relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, senador Dalirio Beber (PSDB-SC), disse que o projeto garante ao próximo presidente da República um raio-x das contas públicas e uma possibilidade de mudanças. Segundo ele, candidatos à Presidência terão de incluir no debate eleitoral as dificuldades financeiras do país. Para o líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ), o próximo Congresso Nacional deverá acabar com o teto de gastos para ampliar recursos para as áreas sociais e de investimentos. A reportagem é de Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download