MDB e PT querem adiar votação de projetos polêmicos para o segundo semestre

28/06/2018, 17h01 - ATUALIZADO EM 28/06/2018, 17h07

A líder do MDB, senadora Simone Tebet (MS), apresentará uma lista de projetos polêmicos já aprovados pela Câmara dos Deputados e que devem ser votados pelo Senado somente no segundo semestre. Ela citou o caso do distrato de imóveis (PLC 68/2018), uma proposta aprovada pelos deputados que beneficia as construtoras ao estipular em 50% a multa quando o comprador do imóvel na planta desistir do negócio. Ao antecipar voto contrário à permissão para a Petrobras vender 70% das áreas do pré-sal (PL 8939/2017), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que os deputados têm aprovado projetos que prejudicam a população. Ouça mais detalhes no áudio da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.



Opções: Download