Regulamentação da profissão de cuidador é reivindicação antiga, lembra Elmano Férrer

08/02/2018, 10h10 - ATUALIZADO EM 08/02/2018, 10h16

Relator do projeto que regulamenta a profissão de cuidador (PLC 11/2016), o senador Elmano Férrer (PMDB-PI) afirmou, em entrevista à Rádio Senado, que a iniciativa atende a uma reivindicação de mais de 20 anos de associações que representam a categoria. A proposta, aprovada na quarta-feira (7) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), define como cuidador o profissional que acompanha e dá assistência a idosos, crianças e pessoas com deficiência ou doença rara, em residências, comunidades ou instituições. Também estabelece requisitos para o exercício da atividade, como idade mínima de 18 anos, ensino fundamental completo e curso de qualificação na área. O projeto segue agora para o Plenário do Senado e, se aprovado, será encaminhado para sanção do presidente da República. Ouça a entrevista ao jornalista Adriano Faria:



Opções: Download