Lindbergh Farias diz que intervenção no Rio de Janeiro é precipitada

20/02/2018, 10h22 - ATUALIZADO EM 20/02/2018, 10h58

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira (20) a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro. O decreto (PDC 886/2018) assinado pelo presidente Michel Temer obteve 340 votos favoráveis, 72 contrários e uma abstenção. Para o senador Lindberg Farias (PT–RJ), a intervenção é precipitada e não foi precedida de planejamento.  Lindbergh conversou sobre o assunto com a jornalista da Rádio Senado, Hérica Christian. Ouça o áudio com a entrevista.



Opções: Download


Senado Agora
19h11 Violência doméstica: Senado aprova o PL 2.510/2020, que obriga moradores e síndicos de condomínios a informarem casos de violência doméstica às autoridades competentes. Texto vai à análise da Câmara dos Deputados.
18h38 Prioridade à mulher: Vai à sanção o PL 2.508/2020, que prioriza a mulher como provedora para receber o auxílio emergencial destinado a família monoparental. Pelo texto, o recurso só vai para o pai quando comprovada a guarda unilateral do dependente.
17h30 Proteção aos bancos: Senado aprova PLV 21/2020, decorrente da MP 930/2020, que protege os bancos com investimento no exterior da perdas por variação cambial. O texto segue para sanção presidencial.
Ver todas ›