CAE aprova prioridade para educação e saúde nos orçamentos públicos

06/02/2018, 16h46 - ATUALIZADO EM 06/02/2018, 19h51

Educação e saúde devem ser prioridades nos orçamentos de estados, municípios e União. É o que determina projeto aprovado nesta terça-feira (6), na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), e que seguiu em regime de urgência para o Plenário do Senado. O PLS 329/2017 é de autoria da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES). Ela lembra que os estragos causados por cortes orçamentários nessas áreas podem ser fatais, como é o caso das mortes de pessoas que não foram vacinadas contra a febre amarela. O senador Armando Monteiro (PTB-PE) também entende que eventuais crises financeiras não podem interromper o esforço de melhoria da saúde e educação públicas do país. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.



Opções: Download