Mudança da embaixada dos Estados Unidos em Israel pode acirrar conflitos, apontam senadores

11/12/2017, 08h51

Senadores repercutiram o anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de mudar a sede da Embaixada Norte-americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. Para o presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado (CRE), senador Fernando Collor (PTC–AL), trata-se de uma medida que pode gerar conflitos na região. Segundo o coordenador do Grupo Parlamentar Brasil-Marrocos, senador Cristovam Buarque (PPS–DF), o presidente dos Estados Unidos busca, com essa decisão, se fortalecer entre seus apoiadores mais radicais. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, Carlos Penna Brescianini.



Opções: Download


Senado Agora
20h43 Orçamento de ministérios: Senado aprovou, em votação simbólica, abertura de crédito suplementar de mais de R$ 615 mi em favor dos Ministérios da Agricultura, da Justiça e da Defesa. O PLN 17/2020, já aprovado pelos deputados, vai à sanção presidencial.
20h41 Derrubado veto a serviços jurídicos sem licitação: Senadores derrubaram veto (VET 1/2020) ao projeto que permite dispensa de licitação para contratação de serviços jurídicos e de contabilidade pela administração pública (PL 4.489/2019). A proposta segue à promulgação.
19h54 Derrubado veto à telemedicina: Os senadores derrubaram veto (VET 6/2020) ao projeto que regula o exercício da telemedicina durante a pandemia de covid-19 (PL 696/2020). Os dispositivos que haviam sido vetados seguem para promulgação.
Ver todas ›