Representantes do setor financeiro debatem MP que altera Programa de Microcrédito

28/11/2017, 19h11 - ATUALIZADO EM 28/11/2017, 19h30

A comissão mista que analisa a Medida Provisória (MPV) 802/2017, que amplia o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado, promoveu uma audiência pública para ouvir representantes do setor financeiro. Participaram da reunião representantes do Ministério do Trabalho, do Banco Central, da Caixa Econômica Federal, do BNDES, do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste. A MP aumenta de R$ 120 mil para R$ 200 mil o limite de renda ou receita bruta anual para que pessoas físicas e jurídicas possam participar do programa. Os financiamentos, que eram pagos pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), agora também terão como fonte de recursos os Fundos Constitucionais do Centro-Oeste, do Norte e do Nordeste. Acompanhe os detalhes da audiência pública na reportagem de Rebeca Ligabue, da Rádio Senado.



Opções: Download