Senado aprova proposta que estimula Cadastro Positivo

25/10/2017, 09h08 - ATUALIZADO EM 25/10/2017, 09h14

Foi aprovado na terça-feira (24) pelo Plenário do Senado o texto-base do projeto (PLS 212/2017) que deve estimular a ampliação do Cadastro Positivo. A expectativa é passar de 5 milhões para 100 milhões de usuários. O Cadastro Positivo foi implementado em 2011 para conter os registros das pessoas que pagam suas contas em dia, em oposição ao cadastro negativo, que inclui apenas as inadimplentes. Porém, como os clientes precisavam autorizar o compartilhamento de informações, o número de registros não ultrapassou 5 milhões de brasileiros. Com a proposta aprovada, de autoria do Senador Dalírio Beber (PSDB–SC), a autorização expressa não será mais necessária. Os senadores acreditam que, com o aumento do número de cadastrados, será possível garantir condições mais favoráveis de financiamento. Segundo o relator da proposta, senador Armando Monteiro (PTB–PE), quem não quiser participar poderá solicitar a exclusão do cadastro. Ouça os detalhes no áudio da repórter da Rádio Senado, Marcella Cunha.



Opções: Download