Hidrovia Paraguai-Paraná poderá integrar o Mercosul e baratear o custo de produção

24/10/2017, 10h24 - ATUALIZADO EM 24/10/2017, 10h25

Este é o momento de efetivar a implantação da hidrovia Paraguai-Paraná. A afirmação é do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Adalberto Tokarski, que participou de audiência conjunta da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado (CRE) e do Grupo Parlamentar Brasil-Argentina na noite de segunda-feira (23) que discutiu o assunto. Segundo a senadora Ana Amélia (PP–RS), o acordo para a implantação da hidrovia Paraguai-Paraná expira em 2020. Ana Amélia defende empenho para sua efetivação. Ouça os detalhes no áudio da repórter da Rádio Senado, Iara Farias Borges.



Opções: Download