Aécio Neves reassume mandato e diz que vai exercer direito de defesa

19/10/2017, 11h32 - ATUALIZADO EM 19/10/2017, 11h38

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) reassumiu o mandato e, em discurso no Plenário na quarta-feira (18), disse que vai exercer sua defesa em relação às acusações contra ele. Foi a primeira vez que o senador se manifestou após o afastamento, determinado pela primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 26 de setembro. Aécio Neves agradeceu o apoio da maioria dos senadores, que rejeitaram, na terça-feira (17), as medidas cautelares definidas pelo STF. Com a decisão do Senado, Aécio Neves reassume o mandato com todas as prerrogativas da função e ainda deixa de cumprir o recolhimento domiciliar durante a noite, como informa a repórter da Rádio Senado Paula Groba.



Opções: Download