Nova consolidação da legislação trabalhista é criticada no Senado

29/09/2017, 17h09 - ATUALIZADO EM 29/09/2017, 17h16

O Senado debateu, nesta sexta-feira (29), a iniciativa do governo de criar um grupo de trabalho para consolidar a legislação trabalhista. Em audiência pública na Subcomissão Temporária do Estatuto do Trabalho, representantes de associações e sindicatos ligados a questões trabalhistas acusaram o Ministério do Trabalho de falta de transparência no processo, que criou um grupo de juristas para consolidar a legislação trabalhista. Na avaliação do senador Paulo Paim (PT-RS), o lugar adequado para debater a questão seria o Congresso Nacional. Ele disse que se surpreendeu com a criação de um grupo para discutir uma legislação trabalhista que ainda não está valendo. Após as críticas de dentro e de fora do governo, o Ministério do Trabalho desistiu de criar a comissão de juristas, como informa o repórter Floriano Filho, da Rádio Senado.



Opções: Download