Marta Suplicy elogia reformulação da profissão de agente comunitário de saúde

15/09/2017, 17h14 - ATUALIZADO EM 15/09/2017, 17h19

Por unanimidade, o Plenário do Senado aprovou na última quarta-feira (13) o PLC 56/2017, de autoria do deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), que reformula as atribuições, a jornada e as condições de trabalho dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. Entre as novidades estão o ressarcimento com o pagamento de despesas com transporte e a exigência do ensino médio para o exercício da profissão. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), relatora da matéria na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), considera relevante a aprovação do projeto, tendo em vista a importância desses profissionais para a população urbana e para os habitantes das zonas rurais. Marta Suplicy falou para o programa Senado em Revista, da Rádio Senado. A entrevista é de Hérica Christian.



Opções: Download