Especialistas defendem ajuste fiscal como saída para retomar crescimento econômico

20/09/2017, 20h22 - ATUALIZADO EM 20/09/2017, 21h16

A crise financeira foi tema de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos nesta quarta-feira (20). Durante o debate, o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto de Almeida, destacou que o cenário atual é preocupante e defendeu o ajuste fiscal. Ele apontou a aprovação da reforma da Previdência como necessária para que o teto de gastos aprovado recentemente pelo Congresso tenha os resultados esperados. Para o economista Nelson Teixeira, é preciso ir além da reforma previdenciária e promover outros ajustes. O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) defendeu um aprofundamento maior das motivações da crise. E o senador Armando Monteiro (PTB-PE), autor do pedido para a audiência pública, afirmou que o quadro brasileiro é extremamente preocupante e que a economia não deve se recuperar rapidamente. Acompanhe a reportagem de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
13h35 Motoristas de aplicativo: Destacada para votação em separado, também foi aprovada emenda ao PL 1.179/2020 que beneficia motoristas de aplicativo, reduzindo temporariamente em 15% o repasse que os profissionais são obrigados a fazer às empresas.
13h32 Relações jurídicas: Em sessão remota, o Plenário aprovou o PL 1.179/2020 que altera relações jurídicas privadas durante a pandemia da covid-19. A matéria segue para a Câmara dos Deputados.
12h09 Relações jurídicas: O Plenário aprovou texto-base do PL 1.179/2020, que altera relações jurídicas privadas durante a pandemia. Senadores avaliam agora um destaque ao projeto.
Ver todas ›