Decisão do STF de afastar Aécio Neves repercute no Senado

27/09/2017, 08h42 - ATUALIZADO EM 27/09/2017, 21h30

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu por 3 x 2 votos afastar novamente o senador Aécio Neves (PSDB-MG) das funções parlamentares. Pela decisão, Aécio Neves fica obrigado a cumprir recolhimento domiciliar noturno, deve entregar o seu passaporte e não pode fazer contato com outros investigados. Aécio foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República pela suposta prática de corrupção passiva e obstrução de investigações. A decisão do STF repercutiu no Senado, como informa o repórter da Rádio Senado Rodrigo Resende.



Opções: Download