Moka defende mais recursos para medicamentos de alto custo

30/08/2017, 14h13 - ATUALIZADO EM 30/08/2017, 16h17

Eleito presidente da Subcomissão Especial de Doenças Raras (CASRARAS) da Comissão de Assuntos Sociais do Senado, o senador Waldemir Moka (PMDB–MS), defendeu mais recursos do orçamento para medicamentos de alto custo. O grupo de trabalho deve se reunir na próxima semana para discutir as principais dificuldades e como assegurar um tratamento adequado pelo SUS. No Brasil, cerca de treze milhões de pessoas sofrem com algum tipo de doença rara, causadas principalmente por alterações genéticas, entre elas a hemofilia, a distrofia muscular e a esclerose múltipla. A Subcomissão Especial deve funcionar até o final deste ano. Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, George Cardim.



Opções: Download