Conselho de Ética define nesta terça relator do processo contra senadoras

08/08/2017, 08h02 - ATUALIZADO EM 08/08/2017, 12h43

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar vai escolher, em reunião nesta terça-feira (8) a partir das 15h, o relator do processo contra senadoras de oposição que ocuparam a mesa do Plenário para impedir o início da votação da reforma trabalhista. O presidente do colegiado, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), disse que o relator pode transformar a denúncia em representação se considerar o caso grave. A representação tem como pena máxima a perda do mandato. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que “não tem credencial moral um conselho de ética que anistiou um senador com volumosas provas de corrupção para fazer qualquer tipo de advertência contra quem quer que seja”. A reportagem é de  Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download