CMO aprova destinação de R$ 102 milhões para confecção de passaportes

04/07/2017, 19h36 - ATUALIZADO EM 05/07/2017, 15h01

A Comissão Mista de Planos, Orçamento Público e Fiscalização (CMO) aprovou a mensagem presidencial que transfere R$ 102 milhões dos pagamentos a organismos internacionais para custear a confecção de passaportes emitidos pela Polícia Federal. A oposição e a bancada governista entraram em acordo e o PLN 08/2017 foi aprovado por unanimidade e segue agora para o exame do Plenário do Congresso Nacional. O presidente da CMO, senador Dário Berger (PMDB-SC), lembrou que negociou com o ministro do Planejamento a substituição do corte das verbas do Ministério da Educação por redução de recursos para os organismos internacionais. O deputado Bohn Gass (PT-RS) reclamou que o pagamento de juros para a dívida pública nunca é lembrado como fonte para cortes. A reportagem é de Carlos Penna Brescianini, da Rádio Senado.



Opções: Download