Presidente do Conselho de Ética arquiva representação contra Aécio Neves

23/06/2017, 20h48 - ATUALIZADO EM 23/06/2017, 20h51

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado Federal, senador João Alberto Souza (PMDB-MA) decidiu pelo arquivamento do pedido de cassação do senador afastado judicialmente, Aécio Neves (PSDB- MG), feito em maio pela Rede e pelo PSol. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), um dos autores da representação, criticou a decisão, que pode ser revista a pedido de cinco membros do conselho. Saiba mais na reportagem de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download