Estimulação de criança com microcefalia é discutida no Senado

30/06/2017, 07h55 - ATUALIZADO EM 30/06/2017, 14h07

A estimulação do neurodesenvolvimento de criança com microcefalia foi tema de palestra no Senado, nesta quinta-feira (29).  A presidente da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação, a neurocientista Lúcia Willadino Braga, contou que antes do surto do vírus Zika no Brasil, os hospitais acompanhavam cerca de 500 pacientes com a doença. Agora, são mais de 1.600 crianças acometidas de microcefalia. O evento foi organizado pela Comissão de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz do Senado. A reportagem é de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.



Opções: Download