Conselho de Ética vai esperar STF decidir sobre prisão de Aécio Neves para iniciar processo

19/06/2017, 18h28 - ATUALIZADO EM 19/06/2017, 20h18

O presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), quer aguardar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na terça-feira (20), sobre o pedido de prisão preventiva do senador afastado Aécio Neves, para iniciar o exame da representação contra o parlamentar. João Alberto disse que tomou conhecimento oficial da representação contra Aécio Neves nesta segunda-feira (19) e tem até o dia 26 para decidir sobre a admissibilidade do pedido. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download