Senadores avaliam primeiro ano do governo Temer

12/05/2017, 08h45 - ATUALIZADO EM 12/05/2017, 19h06

Um ano após o afastamento de Dilma Rousseff da presidência da República, em 12 de maio de 2016, senadores avaliam o desempenho do presidente Michel Temer e as condições nas quais se deu o impeachment da petista, três meses e meio depois. Senadores governistas minimizam a baixa aprovação popular de Temer e acreditam que os resultados das mudanças que vem sendo feitas só serão sentidos a partir do ano que vem. Já parlamentares da oposição insistem que o afastamento de Dilma foi um golpe, que provocou retrocesso, principalmente com a tentativa de aprovação das reformas trabalhista e previdenciária. Acompanhe a reportagem de Hérica Christian, da Rádio Senado.



Opções: Download