Lindbergh Farias diz que oposição não deixará reforma trabalhista avançar

23/05/2017, 17h42 - ATUALIZADO EM 23/05/2017, 19h46

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) explicou porque a oposição se insurgiu, durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos, contra a leitura do relatório da reforma trabalhista pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Para Lindbergh, os governistas querem passar a imagem de que nada está acontecendo, mesmo com o presidente da República, Michel Temer,  respondendo a inquérito criminal junto ao Supremo Tribunal Federal. A repórter Paula Groba, da Rádio Senado, tem os detalhes.



Opções: Download