Senadores debatem sistema de lista fechada nas eleições

27/03/2017, 19h33 - ATUALIZADO EM 27/03/2017, 19h34

O anúncio de que a reforma política em análise na Câmara dos Deputados pode aprovar a lista fechada nas eleições para deputados antecipou o debate entre os senadores. A proposta conta com o apoio do presidente do Senado, Eunício Oliveira. Já o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) se diz contrário à lista fechada no atual momento, que ele classifica como de descrédito dos partidos. O senador Reguffe (sem partido-DF) considera que o sistema proporcional tem defeitos graves, pois o voto pode acabar indo para outro candidato que o eleitor não escolheu. Ele pensa, no entanto, que a melhor alternativa é o voto distrital, e não o sistema de lista fechada. Três propostas em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) podem estipular um sistema misto, com metade das vagas definidas pelas listas e metade pelo voto distrital. O método seria estendido para as eleições de deputados estaduais e vereadores, como explica o repórter da Rádio Senado Roberto Fragoso.



Opções: Download