Relatora dá preferência a mulheres, deficientes e idosos no Cartão Reforma

08/03/2017, 20h09 - ATUALIZADO EM 08/03/2017, 21h11

A Medida Provisória 751/2016 cria o Programa Cartão Reforma com o objetivo de subsidiar a compra de materiais de construção destinados à reforma, ampliação ou conclusão de moradias populares. O texto original concedia o benefício para famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00. A relatora da MP, senadora Ana Amélia (PP-RS), ampliou a renda familiar para R$ 2.811,00. Quem se enquadrar nessa faixa poderá receber um benefício de até R$ 5.000,00, sem ter que pagar o empréstimo. Terão prioridade na obtenção do subsídio mulheres, idosos e pessoas com deficiência. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download