Nove em dez ouvidos pelo DataSenado pedem trabalho obrigatório para presos

17/03/2017, 14h23 - ATUALIZADO EM 17/03/2017, 14h33

Nove em cada dez entrevistados pelo DataSenado defendem o trabalho obrigatório para presos. O levantamento também abordou o aumento do valor recebido pelos presidiários que trabalham e incentivos fiscais para empresas que contratarem detentos ou ex-presidiários.

O senador José Medeiros (PSD–MT) concorda com a obrigação de o detento trabalhar para reduzir a ociosidade e os custos para a sociedade, mas discorda de que os presos sejam remunerados pelo trabalho.

A proposta (PLS 513/2013) foi sugerida pela Comissão de Juristas criada para atualizar a Lei de Execução Penal e aguarda parecer do senador Jader Barbalho (PMDB–PA) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

Reportagem de Iara Farias Borges, da Rádio Senado.



Opções: Download