Senadores recebem com pesar notícia da morte do ministro Teori

19/01/2017, 20h34 - ATUALIZADO EM 20/01/2017, 17h53

A morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, foi recebida com pesar pelos senadores. O relator da Operação Lava Jato estava a bordo de um avião de pequeno porte que caiu no mar, em Paraty, litoral sul do Rio de Janeiro. O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) disse que Teori “era um homem que transmitia confiança, competência, patriotismo”. Na mesma linha, Jorge Viana (PT-AC), afirmou que ele era muito respeitado pela seriedade e maneira técnica como agia nos processos.  Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) pediu uma investigação transparente das causas do acidente e declarou que Teori Zavascki não era apenas um grande jurista, mas um grande ministro do STF, com independência inquestionável e o respeito de toda a sociedade.  O presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) divulgou nota de pesar e ressaltou a grande respeitabilidade angariada pelo ministro pelo senso de justiça, legalismo, equilíbrio e devoção às leis. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download