Observatório da Mulher contra a Violência divulga nota de repúdio à chacina de Campinas

09/01/2017, 12h21 - ATUALIZADO EM 09/02/2017, 16h57

O Observatório da Mulher contra a Violência, criado em 2016 no Senado, divulgou uma nota de repúdio à chacina ocorrida em Campinas (SP), na virada do ano. Das doze pessoas da mesma família assassinadas, nove eram mulheres, principal alvo de acordo com carta deixada pelo assassino. A nota do Observatório chama a atenção para o grave problema da violência de gênero no Brasil, expressa indignação e reafirma o compromisso de atuar pela evolução das políticas públicas para enfrentar a violência contra a mulher. Para a senadora Simone Tebet (PMDB-MS), a violência sofrida pelas mulheres é uma mancha na história do Brasil. Acompanhe a reportagem de Gustavo Azevedo, da Rádio Senado.



Opções: Download