Presidente do Senado diz que decisão judicial deve ser cumprida

09/12/2016, 09h58

Na quinta-feira (8), um dia após os ministros do Supremo Tribunal Federal decidirem pela permanência do senador Renan Calheiros (PMDB–AL) na presidência do Senado, Renan comandou três sessões no Plenário. Ele destacou que o Senado voltou à normalidade após dois dias à espera do Plenário do Supremo. O presidente da Casa destacou que não há o que se discutir em relação às sentenças judiciais. Confira na reportagem de Hérica Christian, da Rádio Senado.

Renan diz que a PEC dos Gastos Públicos deve ser promulgada no dia 15

Vídeo - Renan: decisão do Supremo 'fala por si'



Opções: Download