CCJ aprova proposta que proíbe prisão disciplinar de policiais e bombeiros

03/08/2016, 19h36 - ATUALIZADO EM 03/08/2016, 19h42

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (3) o projeto que proíbe a prisão disciplinar de policiais e bombeiros militares (PLC 148/2015). O relator da proposta, senador Acir Gurgacz (PDT-RO) afirmou que a pena de privação de liberdade desrespeita direitos fundamentais dos cidadãos, e deve ser utilizada apenas para crimes graves. O texto aprovado também estabelece que os militares tenham códigos de ética e disciplina próprios. O projeto segue para análise do Plenário do Senado, como informa Hebert Madeira, da Rádio Senado.



Opções: Download