Autores do pedido de impeachment reafirmam denúncias contra Dilma

29/04/2016, 11h11 - ATUALIZADO EM 22/09/2016, 15h59

Durante mais de dez horas os senadores que integram a Comissão Especial do Impeachment debateram, na quinta-feira (28), com os advogados autores do pedido de impeachment as razões para afastar do cargo a presidente Dilma Rousseff. O jurista Miguel Reale Júnior e a advogada Janaína Paschoal reafirmaram as denúncias de que Dilma usou dinheiro de bancos públicos para fazer despesas sem a autorização do Legislativo. Os parlamentares governistas rebateram, dizendo que não há nenhuma prova de que a presidente cometeu crime de responsabilidade. A repórter Hérica Christian, da Rádio Senado, acompanhou a reunião e descreve os detalhes das discussões.



Opções: Download