Especialistas pedem que privatização de penitenciárias seja retirada da Agenda Brasil

07/03/2016, 15h15 - ATUALIZADO EM 04/10/2016, 19h18

Debatedores pediram nesta segunda-feira (7), na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH), que a proposta de privatização das penitenciárias (PLS 513/2011) deixe de fazer parte do conjunto de propostas da Agenda Brasil. Os especialistas acreditam que passar o controle do sistema prisional para empresas vai aumentar a população carcerária no país. Atendendo a sugestão dos debatedores, o presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), apresentou um requerimento para que o projeto seja analisado por outros colegiados. Confira na reportagem de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.



Opções: Download