Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Alexandra Chaves Brazão de Souza

Alexandra Chaves Brazão de Souza
  • Ano de participação: 2019
  • Cidade: Manaus - AM
  • Escola: EETI Eng. Prof. Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo
  • Formação: Letras - Língua e Literatura portuguesa
  • Estudante finalista: Giovanna Moura Sotelo

Entrevista

Pergunta - Qual a sua experiência na área de educação? Há quantos anos leciona?

Resposta – Atuo desde 2014 somente na rede pública de ensino, quando assumi o cargo no concurso público da Seduc-Am. Nesses anos, ainda acredito na escola pública como espaço para desenvolver atividades que despertem o protagonismo estudantil por meio da produção textual.

P - Como foi a sua experiência em participar do Projeto Jovem Senador? Conte algo sobre ela.

R – Este é o segundo ano que participo. Em 2018 ficamos em segundo lugar no estado do Amazonas, quase fomos a Brasília, fato que já nos motivou a continuar. Participar do Projeto é uma experiência inspiradora para colaborar com o protagonismo dos alunos que estão no Ensino Médio em busca de oportunidades, com foco nas questões sociais, por meio da escrita, a fim de desenvolver criticidade.

P - Como trabalhou o tema na sala de aula?

R – Este ano desenvolvi um trabalho mais denso com alunos. Logo que soubemos o tema, apresentamos a proposta aos alunos e por meio de pesquisas e debates aprofundamos os saberes acerca dele. Assistimos ao vídeo disponibilizado pelo Senado o qual ajudou de forma lúdica compreender melhor a proposta. Além disso, em parceria com o professor de filosofia e sociologia, foram feitos outros trabalhos de apresentação sobre o tema para toda a escola com exposição de banners sore o Orçamento Público. Por fim, todos os alunos dos segundos e terceiros anos fizeram suas redações.

P - O Projeto Jovem Senador contribuiu para a formação dos seus alunos?

R – Sim, por meio de todas as atividades realizadas, os alunos tornaram-se mais atentos à temática social e ao seu papel de cidadão.

P - Como foi o trabalho na escola e a repercussão da classificação de seu aluno para o projeto?

R - Todos ficaram muito felizes com a conquista da aluna, uma vez que ela representa a escola no concurso, ainda mais por sermos escola pública e de uma região dita marginalizada, como é a zona leste.  

P - Participa ou já atuou em outros projetos voltados para a educação do jovem brasileiro?

R – Já participei de outros concursos como a Olimpíada de Língua Portuguesa. E vários outros proporcionados pelo Estado.

P - Com base em sua experiência de vida, deixe um conselho/dica para os seus alunos.

R – Não desistam de sonhar. Lutem pelos seus objetivos, mesmo que pareçam impossíveis. Basta persistência e determinação.

"Participar do Projeto é uma experiência inspiradora para colaborar com o protagonismo dos alunos que estão no Ensino Médio em busca de oportunidades, com foco nas questões sociais, por meio da escrita, a fim de desenvolver criticidade."

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11