Ferramenta inspirada nos trabalhos do Interlegis ganha prêmio do Tesouro Nacional

O Panorama do Legislativo Municipal funciona como um repositório digital de dados atualizados relativos às Câmaras, incluindo orçamento
2022-12-13 17:05

Na última quinta-feira, 08,  o DataSenado recebeu o  Prêmio Tesouro Nacional pelo sistema Panorama do Legislativo Municipal  na categoria "Soluções", que tem como objetivo estimular o desenvolvimento de soluções em ciências de dados e inteligência artificial aplicadas a Finanças Públicas.  É o caso do Panorama do Legislativo, que permite que qualquer cidadão tenha acesso a informações públicas de qualquer Câmara Municipal do país, incluindo orçamento, e que foi inspirado nas atividades do Interlegis.

Em 2020, Interlegis e  DataSenado fizeram parceria para desenvolver uma ferramenta que possibilitasse acessar todas as informações sobre as casas legislativas de forma simples e prática. O resultado desse trabalho em conjunto foi o Panorama do Legislativo Municipal,  agora com reconhecimento nacional por sua importância para a construção da cidadania.

O colega do DataSenado, Florian Madruga, recebeu a premiação: “A proposta é que os cidadãos possam exercer maior controle social e melhorar a governança no país”.

O Panorama do Legislativo Municipal funciona como um repositório digital de dados atualizados relativos às Câmaras, incluindo número, gênero e escolaridade de vereadores e servidores. A novidade em 2022 foi a possibilidade de consultar também o orçamento anual das casas.

O conteúdo pode ser visualizado em formato de painéis e está disponível para download, para aumentar a transparência e acesso às informações. É possível comparar os dados dos municípios a partir do ano 2000.

Na aba Produtos é possível acessar a ferramenta.

O Prêmio
Instituído em 1996, o Prêmio Tesouro Nacional tem como objetivo expandir as fronteiras do conhecimento em finanças públicas, promovendo a simplificação de temas específicos e tratados de forma recorrente na pesquisa científica. O concurso é promovido e realizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), tendo a Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ) como patrocinadora e o apoio institucional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).
Em 2022, o Prêmio está em sua 27ª edição e se torna referência principalmente pelo impacto e repercussão provocados na Administração Pública, no meio universitário e na área de finanças públicas.

 

Texto: Pedro Ícaro
Supervisão: Débora Pais