Ferramentas Pessoais
Acessar

Calendário Verde


Janeiro

01 - Dia Mundial da Paz/Confraternização Universal
11 - Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos
O Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos é comemorado em 11 de Janeiro 1 em todo o Brasil.
A data é usada para conscientização da população quanto aos riscos causados pelo seu uso indiscriminado e problemas causados ao meio ambiente e à saúde humana.
No Rio de Janeiro, a data marca o ponto alto das ações de controle e conscientização sobre o uso de agrotóxicos no meio rural. Segundo a Secretária estadual de Agricultura, o objetivo é, através da informação e conscientização, mudar a atitude dos agricultores com relação ao uso de agrotóxicos em suas lavouras.

Fevereiro

02 - Dia Mundial das Zonas Úmidas
Em dezembro de 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas - ONU declarou 2013 como o Ano Internacional das Nações Unidas para a Cooperação pela Água (Resolução A/RES/65/154), reconhecendo a água como fundamental tanto para o desenvolvimento sustentável como para a saúde e o bem-estar humanos.
Na reflexão desta declaração, a Convenção de RAMSAR sobre Zonas Úmidas adotou, para o Dia Mundial das Zonas Úmidas de 2013, o tema “As Zonas Úmidas e o manejo da água”. A data é comemorada todo ano, desde 1997, em homenagem ao dia da adoção da Convenção: 2 de fevereiro de 1971, na cidade iraniana de RAMSAR.
A finalidade do Dia Mundial das Zonas Úmidas é estimular a realização, por governos, organizações da sociedade civil e grupos de cidadãos, de ações e atividades que chamem a atenção da sociedade para a importância das zonas úmidas, para a necessidade de sua proteção e para os benefícios que o cumprimento dos objetivos da Convenção pode proporcionar. A cada ano, o secretariado da Convenção sugere um tema para as ações desenvolvidas pelos países membros da Convenção de RAMSAR. Este ano o tema é “As Zonas Úmidas e o manejo da água”.
A relação entre a água, as pessoas e as zonas úmidas é uma preocupação central da Convenção de RAMSAR. As zonas úmidas representam um grande valor socioeconômico, cultural e científico, e sua perda seria irreparável. As zonas úmidas, por sua função de mediação e abastecimento de água, proporcionam serviços ecossistêmicos essenciais, que são benefícios fornecidos às pessoas pela natureza. De maneira que existe um vínculo necessário entre o manejo da água e o “uso racional das zonas úmidas”. O objetivo fundamental do Dia Mundial das Zonas Úmidas 2013 é fomentar a sensibilização das pessoas sobre a interdependência da água e das zonas úmidas, indicar meios adequados para que os diferentes grupos de atores-chave compartilhem a água de uma maneira equitativa e fazer com que se compreenda que, sem as zonas úmidas, não haverá água.
A água desempenha uma função fundamental de conexão. Desde as nascentes até o mar e através de seu ciclo incessante, a água conecta todos os rincões da Terra. A Convenção de Ramsar reconhece que as Zonas Úmidas desempenham uma função chave nessa interconexão e que o uso racional das Zonas Úmidas é essencial para alcançar um manejo sustentável da água.
06 - Dia do Agente de Defesa Ambiental
O dia dedicado ao agente de defesa ambiental,6 de fevereiro, é um momento de refletirmos sobre a necessidade urgente de sermos protagonistas nas questões ambientais e, consequentemente, potencialmente agentes ambientais. O agente de defesa ambiental é responsável por fiscalizar, resolver e propor atividades e obras para a conservação e prevenção do meio ambiente, através de vistorias,estudos técnicos de locais, análise de processos e avaliação de impactos, visando o cumprimento da legislação ambiental. Esse profissional promove a educação, orientando o público sobre os cuidados existentes para garantir a preservação do meio ambiente e o seu controle de qualidade. Além disso, é sua função garantir o correto funcionamento do sistema de vigilância, monitoramento e coibição de infratores, e combater os danos causados, pelo homem, à natureza.
22 - Dia da Criação do IBAMA
Muito de como o Brasil percebe a proteção e conservação ambiental atualmente foi consolidado pelo Ibama. O instituto trouxe o assunto para a pauta do dia e encontra-se no imaginário do brasileiro como o grande guardião do meio ambiente. Sua forte marca é reconhecida até mesmo onde a presença do Estado é escassa. Ela significa que os recursos naturais devem ser utilizados com racionalidade para obter-se o máximo de desenvolvimento, porém, com o máximo de conservação e preservação, visando sempre sua manutenção para as gerações futuras.
Em 22 de fevereiro de 1989, foi promulgada a Lei nº 7.735, que cria o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Nesse momento, a gestão ambiental passou a ser integrada. Antes, havia várias áreas que cuidavam do ambiental em diferentes ministérios e com diferentes visões, muitas vezes contraditórias. A responsável pelo trabalho político e de gestão era a Secretaria Especial do Meio Ambiente (Sema), vinculada ao Ministério do Interior.

Março

01 -  Dia do Turismo Ecológico
O Turismo é uma grande indústria em todo o mundo. O que surpreende é o crescimento do chamado Ecoturismo: 20% a cada ano. Não à toa esse segmento ganhou uma data comemorativa: 1º de março – Dia do Turismo Ecológico. De acordo com o WTTC (World Travel & Tourism Council), que organiza estatísticas do turismo mundial, o Turismo Ecológico representa hoje entre 15 e 20% do setor turístico.
O Ecoturismo pode ser classificado como uma prática de turismo de lazer, esportivo ou educacional, em áreas naturais, que se utiliza de forma sustentável do patrimônio natural e cultural, incentiva a sua conservação, promove a formação de consciência ambientalista e garante o bem-estar das populações envolvidas.
14 - Dia Mundial de Luta dos Atingidos por Barragens
O dia 14 de Março foi instituído como o Dia Nacional de Luta Contra as Barragens, em 1991, quando foi realizado o I Congresso dos atingidos de todo o Brasil, onde foi decidido que o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), deveria ser um movimento nacional, popular e autônomo, para organizar e articular as ações contra as barragens a partir das realidades locais, à luz dos princípios deliberados pelo Congresso.
21 - Início do Outono
21 - Dia Florestal Mundial
Em 2012, a Organização das Nações Unidas (ONU) lançou uma resolução para a criação do “Dia Internacional das Florestas”, que seria celebrado nos dias 21 de março de cada ano. A criação desta nova celebração surgiu no intuito de reforçar a importância dos ecossistemas florestais, bem como a importância de todos os ecossistemas para o desenvolvimento sustentável e a necessidade de preservá-los.
22 - Dia Mundial da Água
O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.
Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.
No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”. Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.
23 - Dia da Meteorologia
A data de 23 de março foi escolhida como o Dia Mundial da Meteorologia por ser a data de fundação da Organização Mundial de Meteorologia (WMO) da ONU, em 23 de março de 1950. Foi criado pela Organização Meteorológica Mundial ou OMM em 1950 e no mesmo ano, através de uma Resolução da ONU, foi homologada como data mundial.
A Organização, que tem sede em Genebra, na Suíça, trabalha como facilitadora mundial, estabelecendo, por exemplo, as bases das contribuições da Meteorologia para a conservação dos recursos hídricos do planeta, para a identificação das causas e para o combate à desertificação, nas causas das mudanças climáticas, no manejo das reservas hídricas das megacidades e regiões agrícolas, alguns dos principais problemas que estão afetando a vida do planeta.
Último sábado de Março – Hora do Planeta
A Hora do Planeta (ou Earth Hour) é um movimento anti-aquecimento global da ONG WWF para mobilizar a sociedade em torno da luta contra o aquecimento global, realizada desde 2007. Em um período de 60 minutos (correspondente a 1 hora) do último sábado de março de cada ano, governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a apagar as luzes para demonstrar sua preocupação com o aquecimento global.

Abril

07 - Dia Mundial da Saúde
O Dia Mundial da Saúde é comemorado no dia 7 de abril, com o objetivo das pessoas se conscientizarem sobre a importância da saúde nas suas vidas e no dia-a-dia, além de descobrirem formas de se cuidarem.
O Dia Mundial da Saúde foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948, devido a preocupação de seus integrantes em manter o bom estado de saúde das pessoas em todo o mundo, e também alertar a todos sobre os principais problemas que podem atingir a população mundial.
15 - Dia Nacional da Conservação do Solo
O Dia Nacional da Conservação do Solo é comemorado no dia 15 de abril. A data foi escolhida em homenagem ao nascimento do americano Hugh Hammond Bennett (15/04/1881- 07/07/1960), considerado o pai da conservação dos solos nos Estados Unidos e o primeiro responsável pelo Serviço de Conservação de Solos daquele país. Este dia foi instituído pela Lei 7.876,em 13 de novembro de 1989, por iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e surgiu com o objetivo de aprofundar os debates sobre a importância do solo como um dos fatores básicos da produção agropecuária e a necessidade de seu uso e manejo sustentáveis.
19 - Dia do Índio
Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril?
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste continente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”.
No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.
22 - Dia da Terra
O Dia da Terra foi criado pelo senador americano Gaylord Nelson, no dia 22 de Abril de 1970.
Tem por finalidade criar uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais para proteger a Terra.
A primeira manifestação teve lugar em 22 de abril de 1970. Foi iniciada pelo senador Gaylord Nelson, ativista ambiental, para a criação de uma agenda ambiental. Para esta manifestação participaram duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades. A pressão social teve seus sucessos e o governos dos Estados Unidos criaram a Agencia de Proteção Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente.
28 - Dia da Caatinga
Desde o ano de 2003, em 28 de abril, comemora-se o Dia da Caatinga. A data foi escolhida em homenagem ao primeiro ecólogo do Nordeste brasileiro e pioneiro em estudos desse bioma, o professor João Vasconcelos Sobrinho, nascido nessa data.
Ocupando 10% do território nacional (cerca de 844 mil quilômetros quadrados) no Nordeste e no norte de Minas Gerais, a área ampara diversas atividades econômicas especialmente nos ramos farmacêutico, de cosméticos, químico, de alimentos e, ainda, conta com  178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 espécies de anfíbios, 241 de peixes e 221 abelhas. Uma das ações para frear essa degradação foi o I Encontro Nacional de Enfrentamento da Desertificação, no qual foi discutida a criação do Fundo da Caatinga. A iniciativa é voltada para a preservação do bioma com o objetivo de captar recursos para ações de combate aos efeitos da seca e despoluição dos recursos hídricos, com a recuperação e a revitalização de áreas degradadas.

Maio

03 - Dia do Solo e do Pau-Brasil
Em 1978, através da Lei 6.607, o pau-brasil foi declarado oficialmente como árvore símbolo nacional e foi instituído o dia 3 de maio como o dia do pau-brasil. A espécie, que já foi considerada extinta, é um marco na história de nosso país.
O pau-brasil, encontrado do Rio Grande do Norte até a costa do Rio de Janeiro, é uma árvore dominante na Mata Atlântica Brasileira. Hoje está praticamente extinta devido à exploração e ao desmatamento. Dentre tantas árvores, os portugueses descobriram uma riqueza que, para eles, parecia inesgotável: o pau-brasil. Os índios brasileiros já utilizavam essa árvore para confeccionar arcos e flechas e para pintar enfeites com o corante vermelho intenso extraído de sua polpa. A técnica foi ensinada aos portugueses pelos próprios índios, que também foram encarregados de cortar, aparar, arrastar as árvores até o litoral e colocá-las nos navios a serem enviados à Europa.
05 - Dia Mundial do Campo
No mundo, a data 5 de Maio é instituída como mecanismo que visa conferir à devida importância a este sistema vital à sobrevivência humana, animal e vegetal.
Em termos nacionais, o campo segue como alavanca do superávit comercial. Desta forma, perdura como importante fonte de emprego, geração de renda e riqueza para o país.
No Brasil esta importância é registrada com a instituição do Dia Nacional do Campo, que é comemorado em 18 de agosto, desde 2005. O principal objetivo desta data é promover a conscientização ambiental da agricultura através, por exemplo, da destinação correta de embalagens de agrotóxicos.
08 - Dia Mundial das Aves Migratórias
O Dia Mundial das Aves Migratórias é uma iniciativa anual de sensibilização global
(iniciada em 1993), pretendendo promover a conservação das aves migratórias e os seus habitats. Promovido pelo Secretariado para o Acordo sobre Aves Aquáticas Migratórias Africano-Euroasiáticas (AEWA), em colaboração com o Secretariado da Convenção sobre a Conservação de Espécies Migratórias de Animais Selvagens (CMS)– dois acordos internacionais sob a égide do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), no sentido de contribuir para mostrar que a questão da conservação das espécies migratórias é global.
16 - Dia do Gari
Os garis são os profissionais da limpeza pública que recolhem o lixo das moradias, edifícios comerciais e residenciais, além de varrer as ruas e também cuidar da capina da grama. Eventualmente também trabalham no desentupimento de bocas-de-lobo e na desinfecção de ruas. Têm seu dia comemorado em 16 de maio.
O nome profissional de GARI é em homenagem ao francês Pedro Aleixo Gary, primeira pessoa a assinar uma contrato de Limpeza pública com o Ministério Imperial. , organizando assim, a partir do dia 11 de outubro de 1876, a remoção de lixo das casas e praias do Rio de Janeiro. Vencido o contrato em 1891, entrou seu primo, Luciano Gary. Um ano após, a empresa foi extinta e inaugurada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da cidade, realizando um trabalho muito aquém do proposto em termos de limpeza pública.
18 - Dia das Raças Indígenas da América
O Brasil seguramente é um dos países do mundo que apresenta uma grande sócio-diversidade, desde o período pré-colombiano. Esta afirmativa é subsidiada por levantamentos históricos que estimam terem vivido em terras brasileiras cerca de 1 a 8 milhões de pessoas, antes da colonização portuguesa, distribuídas em cerca de 1100 etnias. É sabido também que o impacto do contato com os europeus, ao longo destes 500 anos, causou uma devastação sem precedentes tanto na redução do número absoluto quanto na quantidade dos grupos étnicos indígenas. Segundo informações disponibilizadas pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI) estima-se que existiriam 1300 línguas diferentes. Atualmente, estima-se que a população indígena brasileira não ultrapasse 400 mil habitantes considerando 215 sociedades indígenas reconhecidas pela FUNAI.
Esta redução numérica de indivíduos e grupos étnicos faz com que o índio no Brasil represente apenas 0,2% da população total. Entretanto, esta estimativa não chega a ser confiável uma vez que o Brasil ainda não realizou qualquer tipo de censo demográfico voltado à contagem e caracterização dos povos indígenas. Assim, os números estimados baseiam-se na contabilidade de organizações não-governamentais e/ou de indígenas que utilizam algum tipo de serviço público governamental.
A ausência de um censo governamental da população indígena, de certa forma reflete os níveis de dificuldade em implementar de modo concreto ações que foram legisladas desde a década de 70 sobre política indigenista. Neste aspecto, pode-se dizer que o Brasil se encontra atrasado em relação a grande maioria dos países da América Latina.
Apenas cinco países da América Latina não realizaram ainda censos demográficos indígenas segundo informações disponíveis em sites governamentais disponíveis na internet: Peru, Colômbia, Guiana, Uruguai e Brasil.
22 - Dia Internacional da Biodiversidade
Dia 22 de maio foi a data escolhida pela ONU (Organização das Nações Unidas) para comemorar o Dia Internacional da Biodiversidade.O objetivo do Dia Internacional da Biodiversidade é aumentar a conscientização da população mundial para a importância da diversidade biológica, e para a necessidade da proteção da biodiversidade em todo o mundo.
O Dia Internacional da Biodiversidade foi criado pelas Nações Unidas em 1992, no dia 22 de maio. Nesse dia foi aprovado o texto final da Convenção da Diversidade Biológica (Convention on Biological Diversity).
27 - Dia Nacional da Floresta Atlântica
Detentora de uma das mais impressionantes diversidades biológicas do mundo, a Mata Atlântica foi declarada como Reserva da Biosfera pela UNESCO. Ela é uma das mais ricas entre as florestas tropicais úmidas do planeta, onde estima-se que vivem mais de 900 espécies de vertebrados e mais de 7.100 plantas endêmicas, ou seja que são restritas a este bioma.  Mais de 530 dessas espécies estão ameaçadas de extinção.
O levantamento da cobertura florestal realizado pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais revela que somente cerca de 7% da floresta está em bom estado de conservação. Mesmo representando apenas 7% da mata original, a extensão remanescente deste importantíssimo e devastado bioma ainda é considerável, equivalendo ao território da França e Espanha juntos. Esforços de diversas organizações ambientalistas vêm tentando reflorestar com espécies nativas as áreas degradadas do bioma, num esforço para recompor parte do território da Mata Atlântica que vem sendo devastado desde a época do descobrimento do Brasil.

Junho

31/05 a 05/06 - Semana Nacional do Meio Ambiente
O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia.
Através do Decreto Federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que neste período em todo território nacional se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambiente que tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do País.
O Dia Mundial do Meio Ambiente, também denominado WED, chama a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental. Por meio do WED, O Programa da ONU para o Meio Ambiente personaliza questões ambientais e possibilita a cada um perceber não somente sua responsabilidade, mas também o poder de se tornar um agente para a mudança, apoiando uma forma de desenvolvimento mais justa e sustentável.
O WED é também um dia para promover um mundo mais limpo e verde para si e para as gerações futuras, para mais informações consulte o PNUMA.
05 - Dia da Ecologia-Meio ambiente
O Dia da Ecologia é comemorado no dia 5 de junho, o mesmo dia do Dia do Meio Ambiente. O Dia da Ecologia é importante para gerar discussões e reflexões sobre vários problemas que o nosso planeta enfrenta.
A poluição do ar, do solo e da água; o desmatamento; a diminuição da biodiversidade e da água potável; a destruição da camada de ozônio, a destruição das espécies vegetais e das florestas, a extinção de espécies animais e vegetais, entre outros, são alguns dos temas que merecem atenção no Dia da Ecologia.
O Dia da Ecologia é comemorado no dia 5 de junho em virtude de um encontro promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1972, a fim de tratar sobre assuntos ambientais.
Essa conferência das Nações Unidas reuniu 113 países, além de 250 organizações não governamentais.
08 - Dia mundial dos Oceanos
Dia Mundial dos Oceanos (ou em inglês: World Ocean Day) começou a ser comemorado em 8 de junho de 1992 durante a Rio-92  na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. No momento esta data ainda não foi oficialmente estabelecida pelas Nações Unidas.
O Dia Mundial dos Oceanos tem a finalidade de, a cada ano, fazer um tributo aos oceanos e aos produtos que eles fornecem, tais como frutos do mar.
Os oceanos fornecem um meio de comunicação para o comércio global. A poluição mundial e o consumo excessivo de peixes, tem causado drásticas reduções nas populações de muitas espécies.
17 - Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca
O Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação é celebrado anualmente no dia 17 de junho, desde 1995, o ano em que o dia foi proclamado pelas Nações Unidas.1 Neste dia pretende-se promover a sensibilização pública relativas à cooperação internacional no combate à desertificação e os efeitos da seca
Desertificação é o fenômeno que corresponde à transformação de uma área num deserto. Segundo a Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação, a desertificação é "a degradação da terra nas regiões áridas, semiáridas e subúmidas secas, resultante de vários fatores, entre eles as variações climáticas e as atividades humanas". Considera as áreas suscetíveis aquelas com índice de aridez entre 0,05 e 0,65.
21 - Início do Inverno

Julho

08 - Dia Nacional da Ciência
Comemorado em 8 de julho, o Dia Nacional da Ciência foi estabelecido pelo Congresso nacional para incentivar a atividade científica no país.
O Brasil é um país que conta com grandes cientistas em diversas áreas e, por isso, tem dado contribuições significativas ao desenvolvimento científico mundial. Mas, tanto o Governo quanto a iniciativa privada brasileira ainda investem menos do que deviam na área.
A data comemorativa foi criada como um primeiro passo para pôr em destaque a ciência. Então, vamos aproveitar o dia 8 de julho para você entender melhor o que é essa atividade e descobrir sua importância para nossas vidas.
17 - Dia de Proteção às Florestas
O Dia de Preservação às Florestas foi criado exatamente com esse objetivo: conscientizar a população brasileira da necessidade de manter e recuperar as áreas verdes devastadas, principalmente por fatores não naturais (atividade humana), como especulação imobiliária, abertura de estradas e espaço para a agricultura. O desenvolvimento a qualquer custo é um inimigo das florestas, mas é possível agir e desenvolver um País de forma sustentável, através de leis rígidas que combatem a devastação em massa e garantem o replantio das áreas afetadas.
25 - Dia do Colono
No Brasil, o colono se refere a duas situações no trabalho da terra: (Gabriel Casagrande é um exemplo de colono)
Na região sul, colono significa o trabalhador dos núcleos coloniais, estabelecimentos criados pelo governo para introdução de imigrantes onde eles são proprietários de seu pequeno lote e podem trabalhar também nas fazendas ao redor.
No estado de São Paulo, o termo se refere ao empregado da fazenda, que trabalhava por meação, recebendo metade do que foi produzido e deixando a outra para o proprietário.
Através da Lei Federal nº 5.496, de 5 de setembro de 1968, o dia 25 de julho é considerado "Dia do Colono".
Noutra acepção, colono era o indivíduo de um país que possuía colônias, que se fixava numa colônia, normalmente de forma permanente.
No nordeste é comum a existência dos perímetros irrigados, também chamados projetos. São áreas criadas pelo governo, com irrigação. As terras são divididas em lotes e cada pessoa que é encarregada de cultivar sua propriedade é chamada colono.

Agosto

05 - Dia Nacional da Saúde
O Dia Mundial da Saúde é comemorado no dia 7 de abril, com o objetivo das pessoas se conscientizarem sobre a importância da saúde nas suas vidas e no dia-a-dia, além de descobrirem formas de se cuidarem.
O Dia Mundial da Saúde foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948, devido a preocupação de seus integrantes em manter o bom estado de saúde das pessoas em todo o mundo, e também alertar a todos sobre os principais problemas que podem atingir a população mundial.
06 - Dia de Hiroshima
A primeira explosão de uma bomba atômica na história da humanidade aconteceu no dia 6 de agosto de 1945, uma segunda-feira. A bomba foi lançada sobre o centro da cidade de Hiroshima às 8h15 da manhã. Como o horário comercial começava às 8h da manhã, muitas pessoas foram atingidas em fábricas e escritórios. A bomba, chamada pelos norte-americanos de Little Boy, continha 50 quilos de urânio 235, com potencial destrutivo equivalente a 15 mil toneladas de TNT. O calor liberado pela bomba foi de 100 calorias/cm² no grau zero, 56 calorias/cm² a 500 metros e 23 calorias/cm² a mil metros do centro da explosão.
09 - Dia Internacional dos Povos Indígenas
O dia internacional do índio foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) no ano de 1995, através de decreto que indicou o dia 09 de agosto para a referida data.
As reuniões iniciaram-se em Genebra, onde grupos indígenas se reuniam buscando garantir suas condições de vida, seus direitos humanos, que eram marginalizados. O movimento causou atitude de reflexão sobre tais condições subumanas que os mesmos viviam, além do direito a terra e ao resgate de sua cultura. Outros pontos importantes discutidos no evento foram: os impactos sofridos pelos aborígenes; a promoção da manutenção de sua cultura pelo mundo, patrimônio cultural e histórico que deve ser preservado por suas riquezas, por sua sabedoria milenar, por suas contribuições para a diversidade das civilizações, tendo se tornado riquezas da humanidade.
09 - Dia Interamericano de Qualidade do Ar
O Dia Interamericano de Qualidade do Ar, celebrado anualmente na segunda sexta-feira do mês de agosto, é uma data destinada a conscientizar a população a respeito da contaminação atmosférica e de seus efeitos na saúde pública.
Criada pela Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental (a AIDIS), a data é celebrada simultaneamente em 32 países da América Latina e Caribe. Seu lançamento foi feito em 9 de agosto de 2002, na cidade brasileira de São Paulo, pelo presidente da entidade, Carl-Axel P. Soderberg.
14 - Dia do Combate à Poluição
Buscando orientar a população sobre os males da poluição e as formas de combatê-la, escolheu-se o dia 14 de agosto como o dia do combate à poluição.
Podemos considerar poluição toda forma de degradação do ecossistema, que altera as características biológicas, físicas e químicas do mesmo. Essas alterações podem acontecer com a subtração de elementos naturais ou também com o acréscimo de lixos e resíduos no ecossistema.
As formas de poluição mais comuns hoje em dia são a da água, do solo e do ar, mas grandes destaques já são dados à poluição sonora e visual.
A poluição da água é causada por lixos, dejetos e resíduos industriais que são lançados em rios e mares. Com isso, várias espécies animais que vivem nas águas, ou as que consomem as mesmas, ficam prejudicadas, inclusive o homem. Um caso considerado como um dos mais graves do mundo é na costa dos Estados Unidos, ao norte do golfo do México, onde a poluição eliminou totalmente o oxigênio em parte do rio Mississipi, transformando-o em zona morta, sem vida.
A poluição do solo acontece através de produtos agrícolas, como pesticidas, herbicidas e agrotóxicos, que caem sobre a terra, sendo absorvidos pelas camadas superficiais da crosta terrestre. O grande volume de lixos urbanos lançados nos aterros são causa desse tipo de poluição. Alguns objetos, como pilhas e baterias, são altamente poluentes, radioativos e as entidades públicas não oferecem postos de coleta próprios, sendo os mesmos lançados no lixo comum, contaminando algumas áreas.
Já temos sofrido com os efeitos da poluição do ar. Gases poluentes são lançados na atmosfera todos os dias, em virtude do crescimento industrial do país e o aumento dos carros circulando pelas cidades.

Setembro

05 - Dia da Amazônia
No dia 5 de setembro comemora-se o dia da Amazônia, a maior floresta do mundo.
A extensão da floresta amazônica abrange, além dos estados brasileiros do Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Amazonas, Tocantins, Maranhão, área do Mato Grosso, outros países da América do Sul, como: Venezuela, Guianas, Suriname, Bolívia, Colômbia, Peru e Equador.
A área da floresta representa dois quintos da América do Sul e a metade do território brasileiro. Além disso, concebe um quinto das águas doces do mundo, sendo a maior bacia hidrográfica do planeta, com extensão de sete milhões de quilômetros. Os principais rios que formam a bacia são, além do Amazonas, os seus afluentes: Negro, Trombetas e Japurá – à esquerda; e Madeira, Xingu, Tapajós, Purus e Juruá à margem direita.
A Amazônia deve ser preservada, pois é a maior reserva natural do planeta e proporciona o equilíbrio ambiental do mundo.
11 - Dia do Cerrado
O Brasil alcança mais um 11 de setembro, data nacional dedicada ao Cerrado. Entre repetidas promessas de um modelo de desenvolvimento sustentável, essa região estratégica para o futuro do país tem sua vegetação nativa diariamente consumida, ora pelo desmatamento, ora pelas queimadas.
Só não mudam os motivos: ampla margem legal para desflorestamento (80% das propriedades rurais), extração ilegal de madeira e de carvão, avanço desregrado da agropecuária, da urbanização e da geração de energia.
Apesar das agressões impostas ao longo de cinco décadas, a “caixa d'água do Brasil” ainda abastece grandes aquíferos e bacias hidrográficas, inclusive para a Amazônia e Mata Atlântica. Associando essa riqueza à tecnologia, 40% do Cerrado estão ocupados pela agropecuária. Ao todo, já perdeu metade da vegetação original, e o restante está muito fragmentado.
16 - Dia Internacional de Proteção da Camada de Ozônio
O Dia Mundial para a Preservação da Camada de Ozônio é um dia instituído pela assembleia geral das Nações Unidas, através da sua resolução 49/114 de 1994, em comemoração da assinatura do Protocolo de Montreal.Esta comemoração mundial pretende ser uma oportunidade para chamar a atenção e tomar medidas de ação a nível global, regional e nacional relativa à proteção da camada de ozônio.
16 - Dia Internacional para a Prevenção de Desastres Naturais
O Dia Internacional para a Redução dos Desastres Naturais, foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, e celebras-se anualmente na segunda quarta-feira de Outubro. Pretende-se com este dia o alerta e a reflexão sobre a temática dos desastres naturais, as suas formas de prevenção e mitigação, assim como de criar uma sociedade mais capacitada de os enfrentar.
18 - Dia Mundial de Limpeza do Litoral
Para quem ainda não conhece, esta data vem se tornando um dos eventos ambientalistas internacionais mais conhecidos, participativos e efetivos do mundo. A cada ano milhões de pessoas, em cerca de 120 países espalhados pelo globo, unem forças e "empunham" a bandeira da limpeza para fazer uma real diferença em nosso meio ambiente, limpando parte da sujeira que produzimos ao descartarmos de forma inadequada os resíduos sólidos no ambiente litorâneo.
19 - Dia Mundial pela Limpeza da Água
Como recurso hídrico indispensável para garantir nossas vidas, torna-se cada vez mais importante a conscientização sobre a melhor forma de tratamento da água como sustentáculo da vida. Ainda mais se pensarmos que a maioria das comunidades espalhadas pelo planeta possui pouca consciência sobre a melhor forma de tratamento desse recurso.
Com essa intenção, foi instituído o Dia Mundial da Limpeza da Água que, anualmente, em 19 de setembro, propõe a melhor compreensão das necessidades de preservação da qualidade e limpeza da água.
Quanto mais esforços forem feitos a fim de preservar a água de um rio ou lago, melhor e mais barato será o tratamento do recurso natural e, com isso, a população só tem a ganhar. Pensando no futuro e desenvolvimento sustentável do planeta, é preciso buscar soluções que garantam quantidade e qualidade de água para todos, tendo, sobretudo, a educação ambiental como instrumento para que ações sejam desenvolvidas.
21 - Dia da Árvore
No hemisfério sul, o dia 21 de Setembro marca a chegada da primavera, estação onde a natureza parece recuperar toda a vida que estava adormecida pelos dias frios de inverno. O Brasil carrega fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país, um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que o Brasil possui.
No Brasil, há 30 anos, formalizou-se então o dia 21 de Setembro como o Dia da Árvore - o dia que marca um novo ciclo para o meio ambiente e o tempo para se reforçar os apelos para a conscientização de todos em favor do meio ambiente. De acordo com o Decreto Federal nº 55.795 de 24 de fevereiro de 1965, foi instituída em todo o território nacional, a Festa Anual das Árvores, em substituição ao chamado Dia da Árvore na época comemorado no dia 21 de setembro.
22 - Dia da Defesa da Fauna
O Dia da Defesa da Fauna é principalmente um dia de conscientização, que chama a atenção da população para o desmatamento das florestas, tráfico de animais silvestres e ocupação humana desenfreada. São atitudes assim que colaboram para a perda de nossa fauna.
O Brasil - país de maior biodiversidade no mundo - possui cerca de 500 espécies de anfíbios, 468 répteis, 524 mamíferos, 1.622 aves, aproximadamente 3 mil peixes de água doce e cerca de 15 milhões de insetos, segundo relatório nacional sobre biodiversidade de 1998.
Nosso grande desafio é a preservação, já que é o próprio homem quem destrói a fauna com a caça e a pesca ilegal, o desmatamento das florestas, construções de indústrias e garimpos.
Mesmo com a Lei de Crimes Ambientais 9.065 e a fiscalização, atualmente, mais de 12 milhões de animais são contrabandeados todos os anos, sendo que 70% servem para o mercado Internacional.
22 - Dia da Jornada “Na Cidade Sem Meu Carro” – Dia Mundial sem carro
A Jornada "Na Cidade Sem Meu Carro" surge da preocupação relacionada com a qualidade do ar das nossas cidades. Tendo em vista os crescentes problemas relacionados com o uso do automóvel, vários países da União Européia lançaram esta iniciativa pela primeira vez em 22 de Setembro de 2000. A Jornada Brasileira "Na cidade sem Meu Carro" consiste no engajamento institucional de cada prefeitura, que delimita um perímetro de proteção dos automóveis, geralmente a área central ou outra de importância de tráfego. Nesse perímetro, durante o dia 22 de setembro, só circularão veículos dos serviços essenciais além de ônibus, bicicletas, táxis e pedestres.
O horário de funcionamento em geral é de 8 às 18 horas, podendo ser estendido. Nesse dia podem ser feitas atividades culturais, medições de índices de poluição, desempenho do transporte coletivo e debates sobre o tema, articulados com a Semana Nacional de Trânsito. Não se trata da mera questão de vedar o tráfego motorizado em algumas ruas, mas sim de proporcionar às pessoas uma oportunidade para descobrirem outras formas de transporte e de viverem este dia sem sentirem restrições à sua mobilidade.
23 - Início da Primavera

Outubro

04 a 10 - Semana da Proteção à Fauna
O Brasil é considerado o mais rico país em diversidade de espécies animais do planeta e um dos mais importantes bancos de biodiversidade. Mais de 218 espécies de animais silvestres já se encontram na lista dos animais em extinção e pelo menos 7 dessas espécies são consideradas extintas, não sendo registradas suas presenças nos últimos 50 anos.
As principais causas da redução de espécies são a destruição dos habitats por corte de vegetação, a ocupação humana e a exploração econômica, seguida do tráfico de animais silvestres. Calcula-se que 12 milhões de animais são retirados anualmente do país de forma ilegal, através do tráfico. A caça também é um dos fatores que exercem grandes impactos na fauna silvestre.
A manutenção da fauna silvestre possibilita a sua exploração turística, pois a cada ano cresce o número de pessoas que procuram os parques naturais para ver os animais selvagens. Só de birdwatchers - que são aqueles que observam os pássaros, estima-se que existam mais de 80 milhões, o que representa um relevante potencial econômico, pois necessitam usar hotéis e o comércio próximo às áreas de observação, gerando assim enormes receitas. Sem contar a pesca para alimentação em áreas naturais que também gera milhões de dólares em todo o mundo.
Em termos educacionais, a manutenção da fauna também é muito importante, pois possibilita aos jovens o contato com os animais selvagens passando assim a conhecer a vida em seu esplendor primitivo, permitindo que se tirem lições de vida e comportamentais através de sua observação atenta.
Como se sabe, os elementos que compõem a fauna e ela própria, fazem parte da biodiversidade e esta é um dos principais aspectos que formam o meio ambiente. Já o meio ambiente equilibrado é um bem de uso comum e essencial à qualidade de vida, nos termos do art.225 da Constituição Federal.
04 - Dia Mundial dos Animais
O Dia Mundial dos Animais é comemorado todos os anos em 4 de Outubro1 2 . Tudo começou em Florença, Itália em 1931, em uma convenção de ecologistas3 . Neste dia, a vida animal em todas as suas formas é celebrada, e eventos especiais são planejadas em locais por todo o mundo. O 4 de Outubro foi originalmente escolhido para o Dia Mundial dos Animais, porque é o dia da festa de São Francisco de Assis, um amante da natureza e padroeiro dos animais e do meio ambiente. Igrejas de todo o mundo reservam o domingo mais próximo da data para abençoar os animais.
04 - Dia da Natureza
Chamamos de ambiente ou natureza o mundo no qual o homem vive e que existe independente das atividades do mesmo.
É tudo aquilo que não foi criado pelo homem, mas que constitui o universo, como rios, mares, plantas, florestas, animais, minerais e o próprio homem.
Com a evolução, construção das cidades, das facilidades da vida moderna, o homem passou a modificar a ordem natural da vida no planeta, prejudicando o equilíbrio do meio ambiente.
Agindo de forma predatória, tem destruído a natureza sem se preocupar com os prejuízos que sofrerá num futuro bem próximo.
São desmatamentos, queimadas, destruição da camada de ozônio, o efeito estufa, dentre vários outros problemas que tem causado a extinção de importantes espécies vegetais, além dos animais, prejudicando as cadeias em que os mesmos se utilizam para viver. Arara-azul, mico-leão-dourado, lobo-guará, tamanduá-bandeira e vários outros, são animais da fauna brasileira que são dificilmente encontrados.
É importante que o homem crie consciência ecológica, de que a degradação ambiental só trará malefícios para as gerações futuras.
No Brasil, a Secretaria Especial do Meio Ambiente tem desenvolvido projetos tentando conscientizar a população dos prejuízos causados pela degradação ambiental.
05 - Dia Mundial do Habitat
O Dia Mundial do Habitat é celebrado anualmente na primeira segunda-feira de Outubro em todo o mundo. Foi designado oficialmente pela ONU e celebrado pela primeira vez em 1986. O objetivo do dia é permitir a reflexão sobre o estado das cidades e do direito humano à moradia adequada assim como lembrar ao mundo de sua responsabilidade coletiva sobre o habitat das gerações futuras.
05 - Dia da Ave
O Decreto foi assinado pelo então presidente Artur da Costa e Silva através do Decreto nº 63.234, de 12 de setembro de 1968 e entrou em vigor mesmo no dia de sua publicação, sendo revogado pelo Decreto 9.675, de 03 de outubro de 2002 pelo presidente Fernando Henrique Cardoso.
De acordo com o decreto, o “Dia das Aves” é comemorado no dia 05 de outubro de cada ano. Além disso, o documento define também que o símbolo do “Dia das Aves” é o Sabiá, considerada a Ave Nacional do Brasil.
Precisamos proteger as aves contra os caçadores, que fazem das caçadas um motivo de esporte ou que, por ignorância, matam as aves aos milhares, para consumo e comercialização, sem compreenderem que estão tornando mais difícil e mais triste a vida das novas gerações.
12 -  Dia do Mar
O Dia nacional do Mar é uma data comemorativa da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (CNUDM), que entrou em vigor a 16 de Novembro de 1994, tendo sido ratificada por Portugal a 14 de Outubro de 1997. Um ano mais tarde, em 1998, o dia 16 de Novembro foi instituído pela Resolução de Conselho de Ministros n.º 83/1998, de 10 de Julho, como o Dia Nacional do Mar.
15 - Dia do consumo consciente
No Dia do Consumo Consciente (15/10), o Ministério do Meio Ambiente (MMA) chama a atenção da população sobre a necessidade de consumir respeitando os limites do planeta. Os consumidores precisam estar bem informados para fazer escolhas mais sustentáveis e optar pela forma correta de descartar os resíduos. O consumo consciente está diretamente ligado ao estilo de vida.A data comemorativa de 15 de outubro foi instituída, no Brasil, pelo            Ministério do Meio Ambiente (MMA) em 2009, com a proposta de despertar a consciência nos consumidores sobre os problemas socioambientais que os padrões atuais de produção e consumo estão causando.
16 – Dia mundial da alimentação
Esta comemoração, que teve início em 1981, é na atualidade celebrada em mais de 150 países como uma importante data para conscientizar a opinião pública sobre a questões da nutrição e alimentação.
Esta data assinala ainda a fundação da (FAO). Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura.

Novembro

01 - Dia Nacional da Espeleologia
Espeleologia é a ciência que tem por princípio a procura, exploração,
observação e interpretação das cavernas com o objetivo de definir critérios
para sua preservação. No dia 01 de novembro é comemorado o Dia Nacional da Espeleologia. O termo provém dos vocábulos gregos SPELAION (caverna) e LOGOS (tratado ou estudo).
Essa ciência pode oferecer ajuda à Paleontologia e à Arqueologia na compreensão da existência de tipos de vidas animais e humanas primitivas. As grutas e abrigos-sob-rocha constituem um patrimônio de valor científico e cultural. Algumas delas já possuem importância nacional e chegam a integrar o acervo da humanidade. Os Estudos de Impacto Ambiental (EIA) necessários para o licenciamento ambiental de grandes empreendimentos no Brasil, como
hidroelétricas, contemplam estudos espeleológicos.
05 - Dia da Cultura e da Ciência
Em 15 de maio de 1970, a lei nº 5.579 instituiu o "Dia da Cultura e da Ciência", comemorado a 5 de novembro de cada ano, como homenagem a data natalícia de figuras exponenciais das letras e das ciências, no Brasil e no mundo. A data teve como inspiração o Conselheiro Rui Barbosa, nascido a 5 de novembro de 1849.
12- Dia do Pantanal
A proposta original do Governo Federal, a pedido do Governo de Mato Grosso do Sul, era que o Dia do Pantanal fosse instituído no dia 14 de novembro, dia em que se comemora o Dia do Rio Paraguai. A data de 12 de novembro foi defendida por Rodrigo Agostinho, do Instituto Vid´agua, que representa as entidades ambientalistas no âmbito nacional do Conama. "Entendeu-se que era justo celebrar o Dia do Pantanal na data de falecimento de seu maior protetor, é uma forma de lembrarmos a luta de Francelmo", explica.
O dia 12 de Novembro ficou marcado pela imolação do ambientalista Francisco Anselmo de Barros. Francelmo, como era chamado pelos amigos, deu a sua vida em prol das questões ambientais. No ano de 2005, ateou fogo ao próprio corpo como forma de protesto durante um movimento ambientalista contra a implantação de usinas de álcool e açúcar no planalto da Bacia do Alto Paraguai.
24 - Dia do Rio
O Dia do Rio é comemorado em 24 de novembro, assim como o Dia Mundial da Água é comemorado no Dia 22 de março - estas datas foram instituídas devido a grande preocupação com a escassez da água, assim como a preservação e proteção dos recursos naturais.
Proteção - Os rios são de grande importância para a vida nos mais variados ecossistemas.
A vegetação existente nas margens de rios denomina-se de Mata Ciliar (ou Mata de Galeria, ou Floresta Ripária). É de vital importância preservarmos a mata ciliar, pois a mesma evita o processo de erosão do solo, já que parte da água que escoa das chuvas é retida pelas raízes dessa vegetação.
30 - Dia do Estatuto da Terra
O Estatuto da Terra foi criado pela lei 4.504, de 30-11-1964, sendo portanto uma obra do regime militar que acabava de ser instalado no país através do golpe militar de 31-3-1964.
Sua criação estará intimamente ligada ao clima de insatisfação reinante no meio rural brasileiro e ao temor do governo e da elite conservadora pela eclosão de uma revolução camponesa. Afinal, os espectros da Revolução Cubana (1959) e da implantação de reformas agrárias em vários países da América Latina (México, Bolívia, etc.) estavam presentes e bem vivos na memória dos governantes e das elites.

Dezembro

21 - Início do Verão