Curso de pós-graduação em Orçamento Público 2021 aceitará a participação de alunos especiais em suas disciplinas.

https://www12.senado.leg.br/institucional/escoladegoverno/destaques/inscricoes-para-pos-graduacao-em-orcamento-publico-vao-ate-o-dia-26
07/04/2021 10:20
 Curso de pós-graduação em Orçamento Público 2021 aceitará a participação de alunos especiais em suas disciplinas.

Pós-graduação em Orçamento Público

 

A Escola de Governo Interlegis/Instituto Legislativo Brasileiro do Senado Federal (Interlegis/ILB/SF) está oferecendo no primeiro semestre de 2021 a segunda edição do Curso de Especialização em Orçamento Público 2021.
Trata-se de um curso de pós-graduação lato sensu de 360 horas/aula, além de 60 h/a para elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC). Os certificados serão impressos e entregues pelo ILB.

A Escola de Governo Interlegis/Instituto Legislativo Brasileiro do Senado Federal (Interlegis/ILB/SF) está oferecendo no primeiro semestre de 2021 a segunda edição do Curso de Especialização em Orçamento Público 2021.Trata-se de um curso de pós-graduação lato sensu de 360 horas/aula, além de 60 h/a para elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC). Os certificados serão impressos e entregues pelo ILB.

 

Ainda há vagas para o curso de pós-graduação em Orçamento Público oferecido pelo Interlegis/ILB, por meio de sua Escola de Governo. Podem se inscrever servidores efetivos e comissionados do Senado, além daqueles vinculados a órgãos parceiros. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição na Plataforma Saberes até 26 de fevereiro. Os documentos terão de ser enviados pelo Sigad para o Serviço de Secretariado Acadêmico do ILB (Sesea).

Para o diretor-executivo do Interlegis/ILB, Márcio Coimbra, o curso é uma grande oportunidade de aprendizado para os servidores, especialmente na atual conjuntura de crise sanitária da covid-19.

— A complexidade da situação fiscal no Brasil, ainda mais por conta da pandemia, exige profissionais cada vez mais qualificados para lidarem com o desafio das contas públicas ao longo dos próximos anos — afirmou Coimbra.

O coordenador de Educação Superior do Interlegis/ILB, Floriano Filho, destaca que a Escola de Governo do Senado investiu na adaptação de seu corpo docente às ferramentas digitais.

– Embora a pandemia tenha causado crises em várias partes do planeta e criado grandes dificuldades, inclusive na área educacional, ela acabou também oferecendo oportunidades. No caso da Escola de Governo, nossa equipe refez o planejamento e, em parceria com outras instituições, reformulamos nossas metodologias de ensino e preparamos nosso pessoal para lidar com a nova realidade digital – ressaltou.

Os candidatos terão que comprovar a graduação em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de apresentar projeto simplificado de pesquisa. Contendo de três a cinco páginas, o projeto deverá apresentar, de forma resumida, a justificativa, o motivo e as possibilidades de desenvolvimento da pesquisa. Devem ainda mostrar os benefícios que o curso trará para o aprimoramento profissional do candidato, bem como o retorno que proporcionará à sua instituição de origem.

Na primeira quinzena de março, os candidatos terão ainda a oportunidade de defender seu projeto de pesquisa em entrevista oral, que será conduzida por dois examinadores do ILB.

Serão oferecidas 50 vagas, divididas entre o Senado (16) e os demais órgãos parceiros: Câmara dos Deputados (10); Tribunal de Contas da União (10); Câmara Legislativa do Distrito Federal (10); e Ministério da Defesa (4).

A Aula Magna do curso está marcada para o começo de abril, e o início das aulas será no dia 12 desse mesmo mês. As aulas serão remotas, respeitando as medidas de isolamento social para conter a pandemia de covid-19. Se houver flexibilização das regras, as aulas poderão voltar a ser presenciais.