02/08/2012
Ampliação das horas de voo dos aeronautas

Na segunda quinzena de julho, o DataSenado realizou enquete para identificar a opinião dos internautas sobre a possibilidade de permitir a ampliação das horas de voo dos aeronautas, ampliando a quantidade de suas folgas. Dos 1.327 internautas que votaram no site do Senado, do dia 17 ao dia 31 de julho, 80,5% manifestaram-se contrários à proposta, enquanto 19,5% votaram a favor.

O PLS 434/2011, de autoria do senador Blairo Maggi (PR-MT), propõe alterar a Lei nº 7.183, de 5 de abril de 1984 (que regula o exercício da Profissão de Aeronauta). O projeto determina que a duração da jornada de trabalho do aeronauta será de 14 horas, se integrante de uma tripulação mínima ou composta. De acordo com o PLS, a duração do trabalho do aeronauta, computado os tempos de voo, de serviço em terra durante a viagem, de reserva e de 1/3 do sobreaviso, assim como o tempo do deslocamento, como tripulante extra, para assumir voo ou retornar à base, bem como os tempos de adestramento em simulador, não excederá 60 horas semanais, nem 190 horas mensais.

Período: 16/07/2012 a 01/08/2012
Número de votos: 1.327
Você é a favor ou contra o projeto que permite a ampliação das horas de voo dos aeronautas, ampliando a quantidade de folgas (PLS 434/2011)?

Os resultados da enquete representam a opinião das pessoas que votaram, não sendo possível extrapolá-los para toda a população brasileira.