Senado esclarece informações de matéria do Correio Braziliense sobre auxílio transporte

04


Esclarecimento à Imprensa

Ao contrário do que afirma a matéria “Senado atrasa vale”, não há recusa em pagar o referido auxilio. Ele é um direito dos trabalhadores comissionados e efetivos que o solicitarem.

O Senado esclarece que apenas este ano foi incluída a dotação orçamentária para tal fim.

O modelo de comprovação de residência está em fase final de conclusão e o benefício será pago a partir de setembro aos servidores residentes no Distrito Federal e entorno. O mesmo prazo pode ocorrer com servidores residentes em outros estados,  a depender da confirmação dos itinerários e valores utilizados pelos servidores.

Quanto a referência ao pagamento de “auxílio check-in”, o Senado esclarece a inexistência de tal despesa.