Investigação

Rede vai pedir impeachment de Temer com base em novas denúncias da Lava Jato

02:07Rede vai pedir impeachment de Temer com base em novas denúncias da Lava Jato

Transcrição LOC: O PARTIDO REDE SUSTENTABILIDADE VAI PROTOCOLAR PEDIDO DE IMPEACHMENT DE MICHEL TEMER, BASEADO NAS NOVAS DENÚNCIAS DA OPERAÇÃO “LAVA-JATO”. LOC: E O VICE-LÍDER DO GOVERNO DESTACOU O “CENÁRIO DE INCERTEZAS” NA POLÍTICA E DISSE QUE A CRISE PREJUDICA VOTAÇÃO DE REFORMAS. REPÓRTER MARCELA DINIZ: (Repórter) As notícias sobre o conteúdo da delação premiada do dono da empresa JBS, Joesley Batista, provocaram reações imediatas no Congresso Nacional. De acordo com o jornal “O Globo”, o conteúdo da delação premiada do empresário, investigado na Lava-Jato, inclui gravação de encontro com o presidente da República, Michel Temer, que teria dado aval para pagamentos ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro, em troca do silêncio dos dois. O senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, disse que a renúncia de Michel Temer ao cargo de Presidente da República seria a melhor solução para a crise, mas, caso isso não aconteça, defende que o Congresso aprove o impedimento. O vice-líder do governo no Senado, José Medeiros, do PSD de Mato Grosso, falou em “cenário imprevisível” na política brasileira, caso sejam confirmadas as denúncias, e avaliou que as votações das reformas Trabalhista e Previdenciária pelo Congresso ficam prejudicadas: (José Medeiros) O certo é que vai haver muitas turbulências daqui pra frente e o parlamento, acima de tudo, deve estar muito firme para a gente retomar o dia-a-dia do país (...) Embora eu defenda que a gente tenha que continuar a normalidade, mas é difícil. Essas reformas, eu diria que, neste momento, estão em compasso de espera. (Repórter) O líder da oposição no Senado, Humberto Costa, do PT de Pernambuco, disse que a única saída rápida e definitiva seriam as eleições diretas: (Humberto Costa) Se trata de uma crise gravíssima, a maior desde 1964 e que tem que ser solucionada de uma maneira legítima e definitiva e, na minha opinião, seria a convocação de eleições gerais imediatamente para esse ano. (Repórter) A convocação de eleições diretas é objeto de uma Proposta de Emenda à Constituição do deputado Miro Teixeira, do Rede, do Rio de Janeiro, que está na Comissão de Constituição e Justiça na Câmara dos Deputados. PEC 227/2016

TÓPICOS:
Rede  Presidente da República  Mato Grosso  PT  Pernambuco  Proposta de Emenda à Constituição  Sustentabilidade  Amapá  Oposição  Congresso Nacional  Rio de Janeiro  Senador Randolfe Rodrigues  Justiça  Impeachment  Eleições  Michel Temer  Constituição  Delação Premiada  Câmara dos Deputados  Política  PSD 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11