Proposta

JK pode ser incluído no Livro de Heróis da Pátria

02:02JK pode ser incluído no Livro de Heróis da Pátria

Transcrição LOC: NESTE DIA 12 DE SETEMBRO O PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK COMPLETARIA 115 ANOS. LOC: DURANTE O MANDATO, JK TRANSFERIU A CAPITAL DO PAÍS PARA O PLANATO CENTRAL E DESENVOLVEU A INDÚSTRIA NACIONAL. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES: (Repórter) Mineiro de Diamantina, Juscelino Kubitschek nasceu em 12 de setembro de 1902. Formado em Medicina, ingressou na vida política aos 30 anos. Foi prefeito de Belo Horizonte, governador de Minas Gerais e assumiu a presidência da República de 1956 a 1961. O principal compromisso dele foi construir Brasília e transferir a capital do país para o Planalto Central. Também estabeleceu o Plano de Metas, com o lema “50 anos em 5” para impulsionar a industrialização do país. O senador Antonio Anastasia, do PSDB mineiro, resumiu o papel do presidente Juscelino Kubitschek para o desenvolvimento do Brasil. (Antonio Anastasia) “Juscelino Kubitschek, a meu juízo, foi um dos maiores estadistas da história do Brasil nos nossos 500 anos. Ele deu esperança ao povo brasileiro, ele acenou com o futuro, ele fez um governo de 50 anos em cinco anos do seu mandato. Ele levou ao Brasil os benefícios do progresso e do desenvolvimento ao construir Brasília, mudar capital e construir as grandes rodovias. Responsável pela industrialização de boa parte do Brasil. Juscelino era um homem fora do comum”. (Repórter) Em 1964, com o regime militar, Juscelino Kubitschek teve os direitos políticos cassados, partiu em exílio voluntário e só voltou ao Brasil em 1967. JK morreu em 22 agosto de 1976 em acidente de carro, quando ia de São Paulo para o Rio de Janeiro. O Congresso Nacional analisa uma proposta para inscrever o nome de Juscelino Kubitschek no Livro dos Heróis da Pátria. Em exame na Câmara dos Deputados, caso aprovada, deve passar pelo Senado. O senador Antonio Anastasia lembra que chegou a apresentar um projeto de lei com o mesmo teor, mas acabou retirando em função do projeto apresentado pelo deputado Otávio Leite, do PSDB do Rio de Janeiro. PLS 29/2016, retirado pelo autor

Nesta terça-feira, 12 de setembro, o presidente Juscelino Kubitschek completaria 115 anos. Durante o mandato, JK transferiu a capital do país para o planalto central e desenvolveu a indústria nacional. O Congresso Nacional analisa uma proposta para inscrever o nome de Juscelino Kubitschek no Livro dos Heróis da Pátria. Em exame na Câmara dos Deputados, caso aprovada, deve passar pelo Senado.

TÓPICOS:
Brasília  Câmara dos Deputados  Congresso Nacional  História  Juscelino Kubitschek  Minas Gerais  Política  Presidência da República  PSDB  Regime militar  Senador Antonio Anastasia 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11