Economia

Dois em cada três jovens brasileiros querem se tornar empresários

02:01Dois em cada três jovens brasileiros querem se tornar empresários

Transcrição LOC: DOIS EM CADA TRÊS JOVENS BRASILEIROS QUEREM SE TORNAR EMPRESÁRIOS. LOC: O SENADO JÁ APROVOU PROPOSTAS QUE FACILITAM A ABERTURA DE NOVAS EMPRESAS E ANALISA INICIATIVAS COMO O ENSINO DO EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO. TÉC: Uma pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro aponta que 68% dos jovens brasileiros entre 25 e 30 anos – mais de dois terços – pretendem abrir um negócio nos próximos anos, um índice duas vezes maior que o encontrado em cidades como Berlim e Madri e similar ao de Moscou e Mumbai. Entre os motivos para os jovens empreenderem no Brasil estão a realização pessoal e a possibilidade de ganhar mais que no mercado formal de trabalho. As principais razões para não se tornar empresário são a busca pela estabilidade e o pessimismo com o cenário econômico e político do País. O Senado analisou, em 2016, uma série de projetos que têm o objetivo de estimular o empreendedorismo. Um deles, já transformado em lei, permite que os microempreendedores individuais usem o endereço residencial como sede da empresa. A permissão só não vale quando o negócio exigir local próprio, como comércio em geral ou serviços que representem perigo ou perturbação para os vizinhos. O senador Romero Jucá, do PMDB de Roraima, destacou que a mudança vai facilitar a criação de novos negócios. (Romero Jucá) É menos burocracia e custo. Facilita a atividade econômica num momento em que temos que gerar emprego e renda. (Repórter) O Senado aprovou também a criação do prêmio anual Jovem Empreendedor, que será concedido a cinco estudantes e uma entidade, governamental ou não, que se destaquem na iniciativa privada ou por trabalho relacionado ao empreendedorismo. A ideia do diploma foi do senador José Agripino, do Democratas do Rio Grande do Norte, que apresentou também uma proposta para incluir o empreendedorismo no currículo do ensino básico e das universidades. Agripino defende que esses conhecimentos vão formar pessoas mais criativas e com iniciativa. (José Agripino) Para despertar no jovem que está estudando, que está se preparando para a vida, tenha o vírus inoculado na sua veia profissional, do empreendedorismo. Se você não estimular você pode ter o empreendedor nato que não vira empreendedor nunca porque não foi provocado na sua vocação. (Repórter) A votação do projeto deve ser retomada depois que o Senado concluir a votação da MP do Ensino Médio. Da Rádio Senado, Roberto Fragoso. LCP 154/2016 PRS 14/2014 PLS 772/2015

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11