Comissões

Laringe Eletrônica pode ser incluída na tabela do SUS

02:00Laringe Eletrônica pode ser incluída na tabela do SUS

Transcrição LARINGE ELETRÔNICA PODE SER INCLUÍDA NA TABELA DO SUS LOC: A COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DEBATE NESTA QUINTA-FEIRA A INCLUSÃO DO EQUIPAMENTO CHAMADO LARINGE ELETRÔNICA NA TABELA DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE. LOC: OS SENADORES ARGUMENTAM QUE O APARELHO DE BAIXO CUSTO MELHORA A QUALIDADE DE VIDA DOS PACIENTES. A REUNIÃO É INTERATIVA E VAI CONTAR COM ESPECIALISTAS E AUTORIDADES. (TÉC) Os senadores da Comissão de Assuntos Sociais debatem com autoridades e especialistas a inclusão da chamada “Laringe Eletrônica” na tabela do Sistema Único de Saúde. O equipamento é utilizado após a remoção da laringe, nos tratamentos de câncer na região da boca e pescoço. Com o procedimento, o paciente praticamente perde a fala e passa a respirar por um orifício aberto no pescoço, o traqueostoma. Ao defender o fornecimento do aparelho pelo SUS, o senador Dalírio Beber, do PSDB de Santa Catarina, que pediu o debate, explicou que a laringe eletrônica produz uma voz robótica e facilita a comunicação do paciente (Dalírio Beber): “Não que se trate de um aparelho caro, e, sim, barato, mas, infelizmente, digamos, o Sistema Único de Saúde não fornece, e o debate em torno dessa matéria, aqui, na Comissão, com certeza, vai permitir que a pressão do próprio Senado e da Comissão façam com que o Ministério da Saúde inclua no Sistema Único o fornecimento desse equipamento” (Repórter): A senadora Ana Amélia, do PP do Rio Grande do Sul, disse que a iniciativa tem baixo custo e vai melhorar a qualidade de vida dos pacientes. (Ana Amélia) “Esse aparelho que o Senador Dalírio pretende aqui, com o debate, introduzir no sistema SUS, custa R$600 – estimativa média de custo –, e, evidentemente, se for adotado, poderá ser barateado pelo incremento do número de usuários. Então, a qualidade de vida de uma pessoa que sofreu câncer de garganta ou faringe será muito melhor.” (Repórter) A audiência pública nesta quinta-feira, a partir das nove da manhã, é interativa e quem quiser participar pode utilizar o portal e-cidadania, na página do Senado na internet, ou o Alô Senado, pelo número 0800 61 22 11. Da Rádio Senado, George Cardim. REQUERIMENTO DA CAS Nº 25, de 2017

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) debate nesta quinta-feira (14) a inclusão do equipamento chamado Laringe Eletrônica na tabela do Sistema Único de Saúde. Os senadores argumentam que o aparelho de baixo custo melhora a qualidade de vida dos pacientes. Ao defender o fornecimento do aparelho pelo SUS, o senador Dalírio Beber (PSDB – SC), autor do requerimento (RAS 25/2017) para o debate, explica que a laringe eletrônica produz uma voz robótica e facilita a comunicação do paciente. A reunião é interativa e vai contar com especialistas e autoridades. Quem quiser participar pode utilizar o portal e-cidadania, na página do Senado na internet, ou o Alô Senado, pelo número 0800 61 22 11.

TÓPICOS:
Câncer  CAS  Ministério da Saúde  PP  Saúde  Senadora Ana Amélia  Senador Dalírio Beber  Sistema Único de Saúde  SUS 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11