Ir para conteúdo principal

Senado Notícias

Renan: 'Não vamos permitir pedalada contra o trabalhador'

23/04/2015, 18h55 - ATUALIZADO EM 10/06/2015, 16h40

O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse nesta quinta-feira (23) que o Senado não vai permitir a terceirização de atividades-fim das empresas, como foi aprovado no projeto que regulamenta a terceirização aprovado na Câmara dos Deputados. Renan chamou a proposta de “pedalada contra o trabalhador”. Ele afirmou que o PMDB tem compromisso com os direitos trabalhistas garantidos pela Constituição. O projeto, que ficou 12 anos na Câmara, terá tramitação normal no Senado, afirmou o senador.

Renan: 'Terceirizar a atividade-fim é uma involução'

Senadores defendem mudanças em projeto de terceirização da Câmara

Regina Sousa: 'Projeto de terceirização diminui salários e reduz o poder de compra'

Humberto Costa critica projeto da terceirização e acusa PSDB de trair os trabalhadores






Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11