Ana Amélia defende Operação Lava Jato

Da Redação | 12/09/2017, 20h30 - ATUALIZADO EM 12/09/2017, 22h26

A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou nesta terça-feira (12), em Plenário, o que classificou como uma “movimentação para sepultar a Operação Lava Jato”. Em maio, a União reduziu a força-tarefa da Polícia Federal em Curitiba (PR) e contingenciou o orçamento de custeio previsto para o ano. Na semana passada, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, admitiu que deve mudar o comando da Polícia Federal, em Brasília.

Para Ana Amélia, enfraquecer a Lava Jato seria “dar as costas à sociedade brasileira, que foi às ruas para defender o fim da corrupção e da impunidade”.

— Quando vemos o esforço aparente ou expresso de sepultar a Lava Jato, estamos diante de um risco inaceitável, porque é a esperança última que temos em relação a esse processo comandado pelo juiz Sérgio Moro. Se a lei é igual para todos, tem que ser igual para Lula, para Temer e para qualquer senador ou empresário — disse Ana Amélia.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)